Melhores sites para amizade

Resumindo, todos nós podemos passar por um situação de isolamento social num ou noutro momento da vida, razão pela qual as redes de encontros de amizade fizeram a sua aparição. Bastam apenas alguns cliques e uma boa dose de motivação para encontrar os melhores sites deste género e fazer amigos na Internet! Encontrar um bom site O Second Love é um dos melhores sites para ter um encontro rápido e muito facilmente. Seja casual. Viva a vida que sempre quis. Increva-se no Second Love e tenhas uma das suas melhores experiências. O Second Love permite-lhe ter aquela amizade colorida e casual que sempre sonhou. Permite-lhe viver aquela aventura extraconjugal. Não perca ... Desfrute das melhores opções que os sites de relacionamento em Portugal lhe têm para oferecer. Os 10 melhores sites para encontrar um relacionamento em Portugal. Venha conhecê-los! 1. Meetic O Meetic é por excelência um site com grande popularidade para ter um relacionamento sérios. Aqui encontrará as melhores ofertas para conhecer pessoas. Conhecer pessoas online para amizade pode ser um pouco mais complicado do que parece. Isso porque a grande maioria das apps e sites são destinados a outros tipos de relacionamento. Por isso, na hora de encontrar um ‘Tinder para fazer amigos’, você pode ficar um pouco perdido. Sites De Relacionamento. Os melhores sites de relacionamentos e namoro. Brasil; Portugal; Etiqueta: amizade. Divino Amor. 12/10/2020 ddesghr4d Brasil. No vasto universo da internet há rede social para tudo e plataforma de relacionamento para todos. O Divino Amor, que reúne casais que buscam o amor na fé, é uma plataforma de namoro ... Qual o melhor site de Encontros para si? Testámos mais de 30 Sites de Encontros, Amizades e Relacionamentos em Portugal! Para saber qual o mais indicado para si, basta fazer este pequeno teste GRÁTIS…. Não se preocupe, não vamos guardar nenhuma informação a seu respeito, e pode fazer este teste as vezes que quiser. O verdadeiro amor sempre começa de uma grande amizade. A busca de uma grande e duradoura amizade está se tornando cada vez mais popular na internet. Abaixo está uma lista de sites de namoro que também combinam em encontrar uma boa amizade. Esses sites não é tudo tão forcado como os outros sites de namoro.

Contato criminoso

2020.10.20 01:51 meno_foda Contato criminoso

Bem, eu não sei como explicar-me sobre o que aconteceu comigo, mas isso me corrói desde o acontecimento, e como pra quem eu conto acaba por levar como piada ou debochar do acontecimento, isso me afundou ainda mais no acontecimento, relembrando e relembrando isso infinitamente e como isso me tornou uma pessoa não tão mais sociável. Em +/- fevereiro de 2020, eu criei uma conta no twitter (grande erro, kk) o que me fez ter grandes amizades e também muitas presenças indesejadas (histórias pra outro post. Mas enfim, entre junho, um amigo meu indicou-me que seu outro amigo disse estar interessado por mim. O chamei na dm e batemos o papo por alguns dias, ele ditou uma idade próxima a minha, e não questionei, afinal ele era o melhor amigo desse nosso amigo em comum. Depois de 2 semanas, ele pediu meu zap, por ele ter um papo ok eu aceitei e começamos a conversar por lá. Para ter certeza que não me apaixonava por uma pessoa "suspeita" pedi algumas fotos da face a ele, ele as mandou, peguei o endereço da imagem e as coloquei pra pesquisar, não as achei em nenhum outro site então deduzi ser um garoto normal. Em mais 2 semanas de conversa, ele me chamou para namorar, eu estava gostando dele de verdade e não queria terminar ou dar uma dura por ele estar indo muito rápido, então aceitei já suspeitando da rapidez em que estava progredindo nossa relação. Já nos dias seguintes, ele me pedia fotos constantes do rosto, nas quais só eu mandava sem que ele mandasse também. Depois de mais um dia, ele dizia coisas com intenções sexuais bem explícitas, e antes que eu pudesse pedir para que o mesmo abaixasse a bola, ele me pedia uma foto somente de cueca, e isso me irritou já mostrando que nós não eramos tão compatíveis, terminei com ele junto a uma bronca, e então nunca mais tivemos contatos. Depois de alguns meses, no dia 22/7 eu acordo com minha caixa de notificações sendo bombardeadas logo cedo, imaginei que seria alguma interessante então abri sem relutância, quando li a thread eu me abalei, ela indicava que esse garoto na verdade era um homem de trinta e poucos anos que acabou de ser preso, seu crime? O tal manipulava de menores a mandar imagens sem roupas com sua cara junto as fotos, assim, os chantageando com as fotos a mandarem vídeos tão eróticos quanto para satisfazer o homem. Isso me deixou em prantos, não só eu quanto metade de pessoas que o conheciam, pessoas essa que eu só conheci pela ponte de retweets que esse homem nojento fez, me fazendo chorar mais e mais. Depois de alguns dias, minha mente já se estabilizava, mas ao saber que esse caso acabou por afetar o grandíssimo Maicon Küster (um youtuber que eu assisto), isso me fez relembrar desse verme, vendo o tanto de gente que ele afetou com seu plano criminoso para sustentar sua doença perigosa. Depois disso, não sou mais o mesmo, me tornei inseguro, sendo violento e bruto com pessoas que se aproximam, distanciando de minha antiga personalidade na qual era meiga e gentil, esvaindo qualquer sentimento de confiança que um dia eu tive, tendo que agora suportar que tive envolvimento com um homem, tão perigoso, e se não fosse pela minha falta de ingenuidade, minha vida estaria arruinada nas mãos desse ser pervertido
submitted by meno_foda to desabafos [link] [comments]


2020.10.16 15:44 Precisoestudarlogo Início

Hoje escrevo aqui meu primeiro texto para o site. Justamente porque não tenho relações tão profundas para que eu possa conversar sobre o que eu tô sentindo. Tenho família amigos mas nada tão próximo o suficiente pra que eu possa confiar e falar sobre o que sinto. Talvez eu esteja errada e na verdade devesse me aproximar mais das pessoas, mas todas as minhas amizades sinto que são rasas, que não são tão fortes o suficiente. Já tentei ter um diário, mas não durou muito pois meus pais liam ele as veses, e também uma colega quando veio fazer trabalho comigo descobriu e saiu contando tudo pra minha turma. Ou seja os dois lados foram fdp comigo. Então acho melhor ter que baixar o app toda vez que precisar e desinstalar e fingir que nada aconteceu porque eles também olham o meu celular. Acho uma falta de educação e me sinto controlada mas n a nada que eu possa fazer, eles são meus pais. Então é isso , vou tentar escrever direito p que se alguém interessado ler entenda, mas não prometo nada. Talvez eu volte aqui também.
submitted by Precisoestudarlogo to desabafos [link] [comments]


2020.10.15 15:00 Shyvver Eu finalmente dei uma repaginada na minha vida, e tô adorando tudo isso!

Sabe, de "alguns vários", meses atrás, eu tinha adotado uma visão um pouco distorcida de mim, que tinha boas intenções, porém, estava sendo altamente tóxico para mim mesmo. Eu havia me tornado alguém dependente, não conseguia me concentrar em nenhuma atividade/tarefa sem ficar deprimido pensando em que eu adoraria estar conversando/ajudando/aconselhando alguém com algo, talvez apareça bobo para muitos de vocês, mas era assim que eu me sentia, eu sempre ia nesses sites/apps para conhecer algum pessoal, mas sempre me afastava no final, porque eu não estava procurando uma amizade, apenas alguém para me fazer sentir bem comigo mesmo por um tempo ( o que pensando agora, é algo bem repugnante de se pensar sobre :/ ), porque, ajudando ela, eu saberia que estava indo no caminho certo, e que alguém gostaria de me ter por perto, enfim, a carência tomou controle, de forma resumida.
Eu tinha que parar com isso de uma vez, esquecer esses traços que me deixavam tão preso no mesmo lugar, porque eu não tava progredindo em nada desse jeito, continuava no mesmo batente esperando algo de importante acontecer magicamente ou sei lá o quê, então decidi deixar tudo aquilo para trás, parar de procurar cuidar tanto dos outros pelo menos por um momento da minha vida, e me dedicar a mim mesmo, minha saúde física e emocional, me proteger, cuidar de mim, preparar meu futuro, enfim, foi algo que demorei demais para finalmente perceber, mas eu estava me esfaqueando esse tempo todo, muitas vezes até me ferindo por pessoas que não ligavam.
Não vou largar meus traços de empatia, mas não deixarei de cuidar de mim de agora em diante, doa a quem doer, mas eu nunca mais me deixarei ser levado negativamente por conta da opinião de outra pessoa, vou atingir cada objetivo e sonho meu, e focar na minha melhor versão, é uma promessa!
submitted by Shyvver to desabafos [link] [comments]


2020.10.02 19:55 Andrefpvs Mensagem aos futuros colegas do Técnico

Boa tarde,
O meu nome é Maria Francisca Rego e era estudante na escola secundária de Carteixos 12ºB e dentro de uns breves momentos estarei a frequentar o curso Mestrado em Engenharia Física Tecnológica no IST.
Eu vi que um futuro rival colega postou uma mensagem semelhante no sub de Portugal, e quero lhe dizer que ele está muitos furos abaixo da minha pessoa, só não lhe respondi diretamente naquele sub pois como é de Portugal inclui gente do ISEL, e eu não quero descer a um nível tão baixo.
Quero aqui avisar os meus futuros colegas que eu não estou lá para fazer amizades nem amiguinhos. O meu objetivo ao contrário da maioria dos plebes que lá frequentam é tornar-me nos melhores engenheiros que o ist alguma vez já teve. O meu bisavô foi engenheiro, o meu avô foi engenheiro, o meu pai foi engenheiro e eu vou ser também uma. Também quero dizer que ainda bem que o Covid veio, pois de outra forma vocês agora estariam a salivar com as caloiras nas festas académicas, que só servem para desprestigiar a reputação dos alunos como eu que vão elevar o IST ao topo. Aviso já aqui que a minha boca só vai servir para vos destruir com o meu nível de conhecimento superior. Quando eu mostrar ao mundo a minha suprema qualidade de engenheira, não só quero contribuir para a sociedade Mundial, como quero ser a Presidenta do IST. Sim, quero o lugar do Rogério, que me deixou apeada nas inscrições com aqueles sites de merda que não funcionam no início do ano letivo.
Preparem-se coleguinhas, quando eu chegar a Presidenta (em principio chego lá antes de vocês fazerem ACED) esta bandalheira do Técnico vai acabar! Não vai haver praxes, introduções nem nada dessas merdas que só servem para virem avacalhar a reputação do IST. Vou introduzir o ensino de integrais na 1ª semana de aulas para vos pôr a dar bom uso ao pouco cérebro que têm.
De qualquer forma, quando conseguir acabar com a bandalheira do IST, vou proseguir o resto dos meus estudos em França, numa das melhores universidades do mundo.
Digo já que nos eventuais trabalhos de grupo que iremos ter não vou aturar merdas de ninguém. Se alguém no grupo falha num dos objetivos que eu lhe dei ou simplesmente não demonstre um trabalho que me apele essa pessoa pode considerar-se expulsa do grupo.
No ist já tenho montes e montes de connections, desde professores a chefes de determinadas empresas que têm parceria com o ist, são estas connections que me vão ajudar a chegar ao cargo de Presidenta do IST.
Portanto se tentaram fazer qualquer coisa que me disturbe de alguma forma podem apostar de certeza que eu vou por-vos a vida negra. Desistem de lá tão depressa como entraram para lá. Aproveitem enquanto podem, caloiros e preguiçosos que se arrastam no IST.
submitted by Andrefpvs to PastaPortuguesa [link] [comments]


2020.10.01 01:26 Jbszl Insegurança talvez ?? Não sei

Bom, pra começar já deixo avisado que nunca expus minha vida em um site ou qlq coisa do tipo, ent sorry pelos erros. Homem 17.
Minha vida começou a ter sentido em 2014, qndo eu tinha meus 10 anos de idade, digo isso pq dos anos anteriores eu n lembro qse nada. 2014 foi um ano divertido, escola nova, amigos novos, tudo indicava um bom ano e sim, foi o melhor da minha vida. Durante o ano fiz diversas amizades e literalmente brincava todo dia depois que chegava da escola e ficava até tarde na rua, posso dizer q era um criança feliz p krl e não me lembro de ter ficado triste oi chorado naquele ano. Tempo se passou e meus amigos foram indo embora da cidade e mudando de escola obviamente, restaram alguns, porém poucos. Então, só conseguia me divertir na escola e lá sempre tive uma certa fama entre meus amigos de ser o mais forte pq era o mais alto e tinha um corpo, embora nunca tivesse brigado. Daí isso foi alimentando meu ego e me fez criar uma personalidade mt forte, eu não aceitava nenhuma crítica, não aceitava desaforo, deboche, e qualquer brincadeira de bater eu devolvia batendo tbm, só que eu não sabia controlar a força. Juntando todos esses fatores, acabei virando egocêntrico, só q sempre que alguém me xingava ou falava algo p deixar pra baixo, eu nunca demonstrava fraqueza na frente de ninguém, porém qndo ficava sozinho as lágrimas caiam no silêncio. Essas paradas acabou me levando a criar um refúgio para críticas e eu nunca soube expressar meus sentimentos, ainda mais desabafar com alguém, pois eu achava q seria ridicularizado pelos meus amigos. Daí eu acabei lapidando a ideia de q chorar é sinal de fraqueza, de uma pessoa que não consegue segurar suas emoções, embora sei n é assim, mas eu não consigo mudar de ideia. Nessa pandemia e isolamento social, eu sempre fico em call no discord com meus amigos, desde qndo eu acordo até a hora de dormir, só q tem os momentos do dia em que eu saio pra ficar longe um pouco do PC e celular pra refletir, então ouço músicas e fico mt pensativo e com vontade de chorar, às vezes até do nada, como sempre reprimi o choro, eu acabo ficando sem entender o motivo das lágrimas estarem caindo. É isso, queria saber como vocês lidam com esses sentimentos e se puderem me darem alguma dica de como deixar de reprimir os sentimentos.
submitted by Jbszl to desabafos [link] [comments]


2020.09.13 11:59 JohnJohnPT [WoW/Gaming] Locais para promover recruitment/reativação de Guild

Breve introdução
A história será igual a tantas outras que possivelmente alguns de nós conhecemos... adolescentes, faculdade... e a vida acontece. Os amigos crescem, as prioridades mudam, as amizades ficam, mas perdem-se aquelas noites onde jogavamos todos juntos e a paródia acontecia. Mulheres, filhos, trabalhos, problemas e stresses fazem com que a malta "mais velha" deixe de ter tempo, paciência para raidar "Molten Core durante um fim de semana inteiro".
A grande maioria de nós já passou por isto. Ficaram as memórias... um dia voltas ao teu jogo e vês que os teus companheiros... "desapareceram" há 10 anos...
Carissimos,
na tentativa de reativar uma Guild de WoW, hibernada à mais de 10 anos, vou aqui perguntar aos que ainda jogam com regularidade quais os melhores sitios para publicitar recrutamento.
Já postei no /gamingportugal, /wowguilds, guildsofwow.com, eu.forums.blizzard.com/en/wow/. Só ainda não comecei a procurar ingame.
[On Topic] Questão... onde publicitar recruitment de WoW?
Criei um discord na esperança de aparecer alguém de um dos sites que publicitei... a esperança é a ultima a morrer. e eu vou continuar à procura de alguém neste target principal de pessoas... vai ser dificil mas pa frente é que é caminho!
Se alguém estiver interessado por favor PM para mais informações.
[Mods] Se forem apagar por quebra de alguma regra digam-me qq coisa por favor. Obrigado.
submitted by JohnJohnPT to portugal [link] [comments]


2020.07.16 04:04 euler_number Não preciso de nada disso

Tive a epifania final, finalmente (a minha epifania está explícita no título, mas a explicarei ao longo do texto).

Há alguns anos eu era um jovem totalmente viciado em redes sociais (principalmente o Facebook). E eu também sempre fui muito viciado em masturbação. Vocês não tinham noção do tempo que eu passava scrolando o mouse naquela porcaria do facebook ou simplesmente me masturbando em sites de pornografia. Eu perdia tardes, noites, dias inteiros só nisso! Inclusive, foi no facebook que meio que me tornei shitposter em grupo de anime, fiquei "famosinho" lá em alguns círculos, tive uns momentos de fama etc (só que esse lance de ser famoso em rede social é falso; se você some da rede, as pessoas lá vão te esquecer em algumas semanas, pois você era só mais um qualquer e nenhuma de suas webamizades lá era verdadeira).

Eu tive a sorte de ter tido alguma espécie de epifania no momento certo da minha vida, porque era lá mesmo no facebook (e em outras redes) que eu ficava vendo o perfil de pessoas aleatórias e sempre tinha uns nego que estudava em universidades TOP (me refiro à USP e à UNICAMP) e eu sempre pensava "pô, deve ser muito legal ser inteligente assim". Nunca acreditei ser capaz, só que no ano do meu vestibular, pensei muito sobre o tipo de carreira que eu gostaria de ter, parei de usar todas as redes sociais, parei de ver pornô e de me masturbar, estudei muito, me dediquei e fui aprovado na universidade que queria e no curso que queria. O dia que saiu o resultado do vestibular foi um dos melhores dias de toda a minha vida, afinal, jamais tinha visto a minha mãe tão orgulhosa de mim como naquele dia. Naquele dia eu chorei, mas foi de alegria.

Passadas algumas semanas, eu havia voltado ao vício das redes sociais e também da pornografia. Legal que nenhuma das minhas "webamizades" lembrava de mim no facebook kkkk, amizade falsa é foda...

Foi somente em algum momento do ano passado (2019) que perguntei para mim mesmo: "o que estou fazendo da minha vida?". Em seguida, deletei TODAS as minhas redes sociais, exceto o reddit (impossível parar de usar, mas não sou viciado, embora eu às vezes acabe perdendo bastante tempo aqui) e o whatsapp/telegram (ainda sou um pouco viciado, mas já vou falar mais um pouco disso). Só não consegui parar a masturbação, mas consegui reduzir consideravelmente o meu ritmo de dez punhetas por dia para dez por semana (recentemente consegui reduzir mais ainda, mas já chego nisso também).

No começo foi difícil, mas depois de algumas semanas, me senti MUITO melhor depois de ter controlado um pouquinho mais os meus vícios. Só que no final eu acabei passando os vícios que eu tinha para outras redes. Comecei a passar HORAS scrolando o reddit e HORAS no whatsapp (nem tinha/tenho conversas no meu whatsapp, apenas clico e fico scrolando os contatos, vendo as fotos, etc). E convenhamos que dez punhetas por semana ainda é ser meio viciado.

Só que, não sei o que aconteceu, recentemente, depois que começou a maldita da pandemia, talvez por ter me mantido ocupado com alguns certos afazeres acadêmicos, comecei a parar com alguns dos meus vícios. O reddit por exemplo, que eu gosto bastante, passo no máximo uma hora por dia aqui. A punheta, tô batendo no MÁXIMO umas duas ou três por mês (é muito melhor, você goza muito mais e aprecia muito melhor o momento; é tão mais gostoso que até parei de ter depressão pós-punheta, e eu também parei de bater vendo pornô, porque odeio a indústria pornográfica). O problema era o whatsapp, já que eu ainda perdia muito tempo pegando no celular, vendo as conversas, contatos etc. Só que HOJE tive a epifania final: NÃO PRECISO DE NADA DISSO! Não preciso do meu celular, do whatsapp, do telegram, da pornografia...

Acho que no fundo eu tinha uma certa curiosidade em ficar sabendo da vida das pessoas, expor a minha vida por aqueles status do whatsapp... Só que ninguém liga pra mim... E não preciso disso! Na realidade, fico até melhor sem isso!

Sinceramente, odeio Whatsapp, Telegram, Facebook, Twitter, Instagram e todas as outras redes sociais que não sejam o Reddit.

Por isso, propus para mim mesmo o desafio: não pegar no meu celular por uma semana; se der certo, vou aumentando o período (não pegar por duas semanas, três semanas, até eu ter controlado 100% o meu acesso à essa merda). Não preciso disso, até porque nem tenho amigos direito e NINGUÉM conversa comigo (o que tem feito eu me sentir BASTANTE solitário e meio carente, mas isso não vem ao caso).

Não posso me dar ao luxo de perder tempo com essas porcarias. Já tenho o privilégio de poder fazer faculdade sem precisar trabalhar (muitos dos meus colegas do ensino médio tiveram que trabalhar assim que terminaram a escola; sei que muitos estão trabalhando agora, durante a pandemia, porque precisam ajudar a família; já eu não preciso disso, sou um verdadeiro privilegiado), então vou me aproveitar disso para me dedicar 100% aos meus estudos. Me aguardem, pois a partir do próximo semestre vou tirar a nota máxima em todas as matérias (para o tipo de carreira que quero seguir, preciso tirar notas MUITO boas). Passarei todo o meu tempo estudando, somente.

Valeu, pessoal!

tl;dr: odeio redes sociais, celular e pornografia
submitted by euler_number to desabafos [link] [comments]


2020.07.04 17:34 Natsu-Toswio Descrição das Atualizações do TownCenter - Versão 1.0 ao 1.9

Descrição das Atualizações do TownCenter - Versão 1.0 ao 1.9

https://preview.redd.it/szkj10c3uu851.png?width=534&format=png&auto=webp&s=25688a224a6014ebbf8f1ec8db637c3b28bf5cd4
Olá pessoas! Como estão?
Nesse post estarei fazendo uma descrição das atualizações importantes que foram feitos no protótipo TownCenter e sua data de lançamento ao lado. Com isso, vocês poderão compreender de forma precisa o andamento do jogo e no que foi trabalhado até o momento. Lembrando que se você era jogador(a) do SmallWorlds ativo(a) pelo menos por um ano antes do encerramento em 08 de abril de 2018 e não foi banido(a), pode importar sua conta e acessar a fase de desenvolvimento no site: https://www.towncenter.app/
No momento, contas do MiniMundos não podem ser importadas e não há uma previsão da liberação de novos registros. Fique atento(a) que divulgaremos aqui novas informações.

Lançamento do protótipo TownCenter - 18/12/18 \Momento de Nostalgia)
  • Importação de conta apenas para jogadores do SmallWorlds;
  • Visualização do avatar mais ativo;
  • Lista de amigos (amizades importadas da sua conta do SmallWorlds) sem a opção de chat no TownCenter;
  • Visualização dos itens que o usuário tinha no SmallWorlds (não é possível usar esses itens);

TownCenter 1.0 : CHAT - 22/05/19
https://preview.redd.it/sajrafz30v851.png?width=589&format=png&auto=webp&s=cd1e0699f5e4adfd06ce1189b59bc8fa8c0d9b75
  • É possível enviar mensagens para amigos existentes do SmallWorlds que também ingressaram ao TownCenter;
  • O campo de entrada do texto é HTML padrão (para que você possa copiacolaverificação ortográfica, etc!)
  • Mensagens offline são suportadas;
  • Histórico completo da conversa;
  • Os emojis são suportados dentro do chat, porém não há o seletor de emojis;
  • Você pode silenciar conversas sem o infrator saber;
  • É possível saber que a mensagem foi visualizada quando o circulo delineador se transforma em um circulo sólido azul;
  • A indicação de digitação também é suportada nessa atualização, para que você saiba quando seu amigo está digitando.

TownCenter 1.1 : ADICIONAR AMIGOS - 02/09/19
Adicione o nome do cidadão na caixa de texto e clique em Add Friends.
  • É possível adicionar amigos ilimitados na sua Lista de Amigos;

TownCenter 1.2 : CHAT EM GRUPO - 31/08/19
https://preview.redd.it/o9iuzgvsuu851.png?width=415&format=png&auto=webp&s=e834c31ec7b20c22bddf1c24bb5ed887b7257f73
  • Criação ilimitadas das salas de chat;
  • É possível adicionar 50 amigos no chat em grupo;
  • É possível editar e excluir as mensagens;
  • Sair do chat;
  • Remover os cidadãos do seu chat;
  • Lista de participantes;
  • Chat inicial - Possível conversar com você mesmo, salvar anotações, testar os emojis e etc.

TownCenter 1.3 : DRAG DROP - 10/10/2019
https://preview.redd.it/u6lp5wb60v851.png?width=598&format=png&auto=webp&s=2c4dcc8ff66ec6a2e2b7d014a1e3e8bbc5982ffa
  • Introdução ao Drag Drop ao jogo, conhecido por arrastar e soltar objetos.
    • Com esse recurso é possível reorganizar os menus do TownCenter, enviar cartões de amigos ao chat, adicionar amigos em um chat novo e/ou existente.

TownCenter 1.4 : SOBRE MIM, NOTIFICAÇÕES E APRIMORAMENTO NO BATE PAPO - 14/11/2019
https://preview.redd.it/0ns9207jvu851.png?width=501&format=png&auto=webp&s=c09e0ea64d4db6482f98423ae5609bcbac43d16d
  • Os avatares são visíveis no painel Lugares;
    • Com isso, é possível visualizar os avatares de outros jogadores nos bate-papos privados e em grupos.
  • Alteração no perfil e sobre mim do seu cidadão disponível;
    • Agora você pode incluir informações como: seu sexo, status de relacionamento, país, escolaridade, ocupação profissional, idioma e signo. Além de incluir uma área de texto livre na qual pode ser utilizado para descrever melhor o tipo de pessoa que você é e seus interesses.
https://preview.redd.it/wu5ck2bywu851.png?width=302&format=png&auto=webp&s=4beeeeccd7a7a6a4dc59ddea15982ce9b0cb6316
  • Visualizar o perfil de outros cidadãos;
  • Notificações;
    • Deixando o TownCenter em execução e alternar a guia do seu navegador, é possível receber notificações que alertam sobre mensagens recentes.

TownCenter 1.5 : SELETOR DE EMOJIS, DISPLAYNAME E FERRAMENTAS DE MODERAÇÃO PARA O CHAT - 18/12/2019
  • Seletor de Emojis disponível;
    • Esse painel pode ser encontrado clicando no simbolo do sorriso. Diante disso, é possível adicionar emojis que estão disponíveis no seletor (sem precisar copiar e colar de outro site), pesquisar por emoticons, usados recentemente, categorias, código ao passar o mouse sobre eles e futuramente será o lar dos emotes exclusivos do TownCenter que serão conectados ao sistema de coleção rara do jogo.
https://preview.redd.it/jjfq3wjmwu851.png?width=586&format=png&auto=webp&s=f8b232edaa5db40152c139919854031fe04f3786
  • Ferramentas de moderação no bate-papo:
    • Freeze chat (congelar bate-papo): bloqueia as conversas dentro do chat, fazendo com que apenas o usuário moderador possa enviar mensagens.
    • Remove Citizens (expulsar cidadãos): expulsa um ou mais cidadãos que estão causando problemas com apenas um clique do mouse. Você pode escolher o tempo determinado que esse jogadores estarão impedidos de entrar no chat.
    • Mute Citizens (silenciar cidadãos): semelhante ao remove citizens, porém apenas silencia os cidadãos sem a necessidade de expulsar.
  • Ao passar o mouse sobre um cidadão visível no painel Lugares, é possível visualizar o nome deste avatar dentro do jogo (DisplayName);

https://preview.redd.it/0xclnbwuvu851.png?width=290&format=png&auto=webp&s=80dd84e951689bcf1c28df7449ab5333a22d1532
  • Correção de pequenas falhas.

TownCenter 1.6 : SITE EM MOBILE, CHAT EM GRUPO PUBLICO E MELHORIAS DIVERSAS - 09/03/2020
https://preview.redd.it/jostb3490v851.png?width=596&format=png&auto=webp&s=f5f92e53947482cdb3420a99a43024232f0885a9
  • Melhorias para acessos ao TownCenter em aparelho mobile;
    • O TownCenter agora funciona muito melhor em smartphones. Não é perfeito e não possui suporte a arrastar e soltar, mas usá-lo é muito mais fácil.
  • Chat em grupo público e melhorias disponíveis:
    • Privado/Público: Criar um bate-papo agora oferece duas opções: privado ou público. Isso permite que você crie bate-papos que apenas o administrador pode adicionar cidadãos. O modo público permitirá que os cidadãos convidem outras pessoas para o seu espaço.
    • Renomear o chat do espaço: Agora você pode atribuir um Nome e Descrição de sua escolha ao chat do espaço!
    • Promover Cidadãos: Admin, Moderador, Comerciante e Cidadão. Se você criar um bate-papo, você é o administrador, o que permite controlar tudo. Você pode atribuir moderadores, que podem excluir mensagens, silenciar e remover cidadãos, congelar o bate-papo e atribuir comerciantes. Os comerciantes eventualmente permitirão que os cidadãos tenham permissão para vender colecionáveis ​​dentro dos quartos.
    • Recolorir cidadãos no menu: para ajudar na visualização dessas diferentes funções, o Citizens será codificado por cores no menu. Admin = Vermelho, Moderadores = Laranja, Comerciantes = Verde, Cidadãos = Azul.
    • Mensagens de convites de bate-papo: Para ajudar com os novos recursos de bate-papo público, você pode simplesmente arrastar e soltar um bate-papo no Painel de Contatos e soltá-lo no Bate-papo para compartilhar com outras pessoas.
  • Indicador de Chat no painel de contatos;
  • É possível visualizar balões de falas durante a digitação e quando uma mensagem é enviada nos espaços.
  • Status offline disponível;
    • Os cidadãos offline aparecem com um círculo cinza escuro.
  • Agora é possível visualizar quando os seus amigos estiveram online pela última vez no TownCenter.

TownCenter 1.7 : COMPARTILHAR CHAT - 25/03/2020
https://preview.redd.it/z3ltn2eb0v851.png?width=594&format=png&auto=webp&s=3830d107b53c45e846399b5f1529a2522fed8c34
  • Links de convites para bate-papos disponíveis;
    • É possível criar links de convite que podem ser colados em suas redes sociais que permitem acesso instantâneo ao seu chat (isso é apenas para cidadãos válidos no TownCenter). Experimente e compartilhe seu próprio lugar usando o menu do CHAT > opção Add/Invite Citizen. Ex.: https://towncenter.app/Chat/fvSoe9W-Centro
  • É possível reduzir cidadãos;
    • Quando os chats ficarem cada vez maiores, os administradores e moderadores desejarão ter ferramentas para permitir a remoção/redução do tamanho dos participantes. Essa ferramenta permitirá que os administradores mantenham seus Comerciantes e Moderadores, mas removem grandes quantidades de cidadãos inativos com base em uma porcentagem.
  • Twimoji no painel do cidadão;
  • Cidadãos dentro de convites de bate-papo ;
    • Os convites exibirão o número atual de cidadãos dentro do local de bate-papo.

TownCenter 1.8 : ESPAÇOS EM DESTAQUES - 05/05/2020
https://preview.redd.it/b2di1rnevu851.png?width=501&format=png&auto=webp&s=bbba87144622ae1781f1144b8cc187002142fb5e
  • Índice;
    • Semelhante à janela de espaços do MiniMundos/SmallWorlds, o TownCenter possui uma lista de salas em destaque. Você pode encontrar isso no canto superior esquerdo do painel Place & Chat.
  • Espaços em Destaques;
    • Foi disponibilizado nesta atualização uma versão básica de como será os mundos no TownCenter. Os espaços lançados foram: Cue Club, Center, Rachel's Tea Room, Smallwear, Trading Post, Scoops e Find Friends.
https://preview.redd.it/4y3mej0avu851.png?width=1205&format=png&auto=webp&s=242b6eec1fb864087d76b64eea5e4632cdb87710
  • Melhorias na Interface do Usuário;
    • UI do TownCenter recebeu uma atualização para animar de forma mais natural, melhorar seu desempenho e parecer bem legal (especialmente em smartphones!)
  • Detalhes do Chat;
    • Agora você pode verificar os participantes, nome, descrição, data de criação e futuras tags na nova opção Detalhes, que pode ser encontrada no menu Bate-papo e local!

TownCenter 1.9 : STREAM CHAT - 24/06/2020
  • Stream Chat disponível;
    • Os locais de bate-papo do TownCenter agora suportam até 500 cidadãos - e isso é apenas o começo. Num futuro próximo, queremos permitir que um número muito maior de vocês participem de um hangout em cada bate-papo (a próxima atualização será de 2000 e 20.000, se tudo correr bem).Isso também está disponível não apenas em nossos locais em destaque, mas em todos os locais com pelo menos 150 participantes. Depois de ter uma sala de bate-papo próspera, o switch Stream Chat estará disponível, o que permitirá até 500 convidados ao mesmo tempo.
  • Agora aparece somente cidadãos ativos no TownCenter nos espaços;
  • Melhorias de velocidade;
    • O TownCenter agora possui menus mais rápidos e carregamento do local. Também incorporamos um sistema de rampa gradiente para pessoas com conexões mais lentas. Esse sistema de rampa é carregado rapidamente antes que os gráficos visuais estejam prontos para exibição, permitindo feedback imediato ao pular bate-papos. Esse recurso também permitirá ocultar a eventual otimização de cenários (planos de fundo de lugares) para facilitar as compras, a verificação de roupas e o tempo de economia / carregamento de dados para aqueles que usam 4G.
Com isso fechamos a versão 1 do TownCenter e estaremos avançado para a versão 2.0 que se concentrará mais no design.
submitted by Natsu-Toswio to MiniMundos [link] [comments]


2020.06.23 19:59 gnomoviajante Se você tem mente fraca não leia isso PT2

Bom mais cedo fiz um post puto e ainda continuo falando sobre emprego dps dos vinte que é quando acontece a famosa crise dos 20, me falaram que sou babaca e só falei merda, além de dizerem que não acrescentei nada então vou refazer dessa vez tentando não pistolar e literalmente entregando alguns conteúdos que reuni durante algum tempo e tinha salvo no meu drive sem usar.
Se você vai falar que sou grosso, ficar de mimi ou o karalho nem perde tempo lendo esse textão escrito por uma pessoa babaca, obrigado.
1- Você se formou e não consegue trampo na sua área, está na casa dos pais ouvindo eles falarem merda e se sente um fracassado ? Mano calma a vida não é um mar de rosas pelo contrário de rosa ela só os espinhos, se você não consegue emprego na sua área arruma qualquer emprego só pra não ter que ficar ouvindo os pais falarem merda enquanto você corre atrás de algo que você estudou.
Dentre esses tem empregos em mercados, padarias, distribuidoras entre outros.
"Aiii mas é um emprego merda q trabalha igual um camelo"
Concordo, já trabalhei em mercado e distribuidora é uma merda msm, mas é mt melhor vc trampar nesses lugares enquanto procura algo q vc estudou do que ficar em casa jogando lol e comendo doritos o dia todo, e no final do dia ter que ouvir os pais falarem merda.
2- Empregos não formais que você também trabalha igual um camelo como uber eats, uber, 99, rappi, se você tem moto ou carro da pra entrar suave nesses ramos e conseguir uma grana pra comer pelo menos. LEMBRANDO N ESTOU FALANDO Q ISSO DEVE SER A CARREIRA DE VOCÊ, utiliza isso só pra conseguir grana até arrumar algo da sua área (melhor do que ficar parado em casa)
3- Não sou especialista em empregos nada do tipo, mas sei que em entrevista o que conta é a sua lábia, vamos dizer que seu curriculo é 40% da entrevista e os outros 60% é com você, se você fica em casa o dia todo e não conversa com ninguém, não lê um livro, dificilmente vai ter uma boa oratória e pra ajudar nisso existem varios canais como metaforando e outros que dão dicas de como melhorar sua oratória (Sério oratória vai te ajudar em relacionamentos,amizades,emprego em tudo) é claro que você assistir uns curso na internet não é certeza que vai melhorar sua vida, as vzs é um problema mais fundo ai é melhor você ir em um profissional como um psicologo e fazer o procedimento correto que ele irá te passar.
4-Quando eu ficava sem trampo formal eu ia atrás de ganhar dinheiro na net, até pq esse sempre foi um dos meus fócos, sou preguiçoso (no outro post tinha nego falando merda por eu falar baiano vsfd) e sou bom em tecnologia então tentava juntar o útil ao agradável, dentre isso você consegue dinheiro com quase tudo na internet é sério, para pra pensar tem mina que ganha dinheiro vendendo foto do pé no twitter velho. Se você é formado em direito, engenharia, filosofia... se você possui ensino superior você deve ser bom naquilo que vc estudou a faculdade toda eu presumo, uma engenheiro civil deve ser bom em cálculos pelo menos (estou utilizando só de exemplo) então recomendo plataformas de freelancers lá as pessoas pagam literalmente por qualquer coisa, eu ganhava uma graninha legal antes editando vídeos em plataformas assim, você consegue dinheiro fazendo textos, resolvendo cálculos, dando aulas online, tem diversas formas só basta vc ser criativo e ir atrás
REPETINDO NÃO ESTOU FALANDO PARA USAR DISSO SUA CARREIRA É APENAS UMA DICA PRA UMA GRANINHA EXTRA
Bom não vou falar aq de tiktok e hotmart pq acho isso uma merda e já está saturado, não recomendo que caiam nos papos desses caras de comprar curso e vender curso e o karai a quatro, é sério fujam disso.
Já falei bastante sobre tipos de empregos então ta na hr de acrescentar conteúdo real, durante minha trajetória na internet consegui muitos links que podem te ajudar fortemente, vou reunir alguns do meu drive e compartilhar com vocês, como tem MUITOS cursos e informações tem muito que não funcionam mais, mas ai basta de você ver o que te interessa e ver se está on também.
TUDO SOBRE PARA QUEM QUER MELHORAR O INGLÊS INCLUINDO CURSOS GRANDES: https://pastebin.com/dTc5wUbj
APRENDENDO A ESTUDAR E COMO POTENCIALIZAR SEUS ESTUDOS
https://pastebin.com/dLfeu1dh
SITES QUE PODEM SER ÚTEIS PARA DIVERSAS COISAS, DESDE SITES COM APOSTILAS DO ENEM ATÉ SITE PRA VC FICAR CHAPADO OLHANDO PRA UMA IMAGEM
https://pastebin.com/ZMu3f4dw
ROTINA PARA QUEM QUER COMEÇAR A MUDAR DE ROTINA
https://pastebin.com/9R8xq4Wb
LIÇÕES DURA DA VIDA
https://pastebin.com/iwezmJap
POR ÚLTIMO MAS NÃO MENOS IMPORTANTE, PELO CONTRÁRIO O MAIS IMPORTANTE, REUNIÃO DE UNS 100GB DE CURSOS DE TUDO QUANTO É COISA QUE VC IMAGINAR
https://pastebin.com/srKR9B1y
https://pastebin.com/9EbrwMY7
Escrevi meio correndo pois fiz isso no horário de almoço, recomendo que estudem, tem muito conteúdo bom nos links, se msm assim vc vem falar merda de q estou sendo grosso demais ou coisa do tipo vai toma no cu.
submitted by gnomoviajante to desabafos [link] [comments]


2020.05.23 19:06 curious_zach_abroad Lugar pra morar depois de aposentado

Oi, Já peço desculpas pelo longo post, por meu português brasileiro e provavelmente quebrado - motivos abaixo :) - e principalmente por usar uma conta "throw away". É que sou bem preocupado com a minha privacidade, mas garanto que minhas dúvidas são sinceras e agradeço de antemão qualquer informação! Eu e minha esposa moramos nos EUA há 20 anos já (daí as falhas na gramática e o uso de inglês pra alguns termos). Demos sorte de trabalharmos na área de tecnologia e vamos conseguir nos aposentar nos próximos 8 anos, ainda relativamente novos - por volta de 50. Pretendemos - não, sonhamos! - mudar para Portugal quando pararmos de trabalhar. Mas só visitamos o país a turismo e não conhecemos muito daí quando o assunto é viver no dia-a-dia. Ouço muito por aqui nos EUA que aposentar em Algarve é ótimo, mas os motivos geralmente são a presença de ex-pats, a facilidade de falar inglês, etc. Pra mim, esses não são motivos muito atraentes - cansei de não poder me expressar na minha língua natal! :)
A princípio, estamos procurando algo que seja próximo a uma das grandes cidades (Porto ou Lisboa) pelas opções de diversão, cultura (local e global), e acesso fácil a viagens - queremos viajar muito ainda por Portugal, Europa e o mundo! Também pelas opções de transporte, porque queremos nos livrar da obrigação de ter carro (viatura?). Mas não fazemos questão de morar no "meio da ação"; no centro de Lisboa ou Porto, por exemplo. Vamos deixar os lugares mais centrais pra quem tem pressa de ir trabalhar. Espero não ter mais pressa pra nada no futuro :D. O clima é importante: queremos bastante sol! (a área que moramos tem clima parecido com Londres e chove muito...). Perto de praias (litoral ou ribeira) seria ideal. Vamos fingir que dinheiro não é o fator principal (sempre é, claro, mas como só estamos começando a procurar agora, não queremos optimizar custos ainda). Andei olhando algumas áreas na internet e aqui vão algumas perguntas:
  1. O Idealista.pt é o melhor site para se procurar moradias em Portugal ou há melhores?
  2. Baseado no que vi até agora, ficamos interessados nas seguintes regiões (sem ordem definida): Em Lisboa: Costa da Caparica, Almada, Seixal, Montijo, Alcochete, Cascais e Setubal Em Porto: Vila Nova de Gaia (Norte ribamar ou na costa)
  3. Algarve ainda está na lista, mas qual seria a melhor cidade lá?
  4. A região entre Peniche e Nazaré parece meio deserta, mas também está na mira. Qual seria a melhor cidade por lá?
  5. Alguma outra região que nem sequer mencionamos?
Na opinião de vocês quais seriam boas áreas para um casal ativo, que fale português, que queira qualidade de vida com tranquilidade mas sem tédio, sem isolamento. Uma área com gente e opções de bares e cafés, com comércio próximo para as coisas do dia-a-dia, e que seja agradável e, se for o caso, até afluente, sem ser esnobe - fazer amizades é importante e detesto gente que se acha mais que os outros - se é que vocês me entendem :) De novo, desculpa pelo longo texto e qualquer ajuda é bem vinda!!!!
TL;DR: casal de brasileiros que fez a vida nos EUA sonha em se aposentar em Portugal e busca uma boa mescla de atividades, cultura, clima para escolher onde morar.
submitted by curious_zach_abroad to portugal [link] [comments]


2020.05.17 23:47 flagr97 Relato de um mochilão pela América Latina - Parte 4

Relato de um mochilão pela América Latina - Parte 4
Anteriormente:
Anteriormente:
Parte 1
Parte 2
Parte 3

Primeiramente, me perdoem pela demora absurda de continuar minha saga, voltei ao trabalho normal (obrigado governador de SC /s) e tá me consumindo bastante em questão de tempo e de cérebro, porém, vamos continuar a saga que terminou com a minha descoberta que humitas eram pamonhas (pelo menos eu gosto de pamonha).

até aquele dia...

Falo isso porque no dia seguinte acordo com uma dor de barriga fenomenal, acompanhado por aquela diarreia... logo já pensei na pamonha, de meio dia consultei com o pessoal e todo mundo que comeu a pamonha ontem também tava mal, ô desgraça.

Eu pretendia ir embora no dia seguinte, mas não tinha condição de pedir carona com caganeira né, felizmente nosso host do couchsurfing nos deixou ficar em sua casa por tempo indeterminado, com isso fiquei mais 3 dias lá, enquanto me recuperava.

Como comentei, estávamos entre 5 surfers: Eu, os espanhóis, a malaia e o honconguês, todos tinham como próximo destino San Pedro de Atacama, e como tudo lá é caro, decidimos que quando todos estivessem lá, íamos alugar uma camionete para realizar os passeios, e durante a noite, acampar, para economizar, como estávamos entre 5, planejamos a ida para lá, porque seria impossível dos 5 pedirem carona ao mesmo tempo.

Os espanhóis saíram primeiro, com destino a Purmamarca, e iam começar de lá a jornada para SPA no dia seguinte. Neste, eu e o honconguês iniciaríamos a jornada de Jujuy, e a malaia ia de ônibus porque ela tinha pesos sobrando e ia perder muito dinheiro se fosse converter para pesos chilenos.

Pedir carona no norte da Argentina é super tranquilo e em 15 minutos já estávamos na primeira carona, um casal de amigos em que o cara era de Jujuy, mas a mulher era de Buenos Aires, e ele estava apresentando a região pra ela, então em cada povoado parávamos para tirar fotos, foi bem proveitoso pra conhecer, mas nem um pouco pra chegar no chile rápido...

Eis que eles nos deixaram nas Salinas Grandes, aqui:

https://preview.redd.it/zdwj8dxf4ez41.png?width=800&format=png&auto=webp&s=73e24c2fd9347a63c173a6c8823a7a8767d594a4
Chegamos ali perto do meio dia, é um lugar MUITO bonito, desertão de sal, onde tirei minha foto de perfil do Couchsurfing:
Susques era a próxima cidade
O único problema era que todo mundo que passava só estava indo pras Salinas (tem 3 miradores e estávamos no primeiro), então foi bem hard de conseguir carona, depois de 3:30 esperando, combinei com meu parceiro de carona que se não conseguíssemos em meia hora, íamos pro outro lado da estrada pra pedir pra voltar.

Eis que para um motorhome
com placas da alemanha

Um casal que IMPORTOU o motorhome deles pra um ano sabático viajando pela américa latina, e estavam indo pra Susques, ebaa! Um casal muito gente fina, que nos deu uns melões no final da viagem para nos alimentarmos hahaha

Chegamos em Susques por 16:00, e quem disse que passava algum carro na estrada? COMPLETAMENTE VAZIO, depois de 1 hora desistimos e fomos falar com um caminhoneiro que estava estacionado ali perto, que nos confirmou que a fronteira já estava fechada e a gente deveria tentar novamente amanhã de manhã, bem cedo, porque cedo passam caminhões paraguaios pra pegar carros no Chile...

E bem que percebi que mais cedo tinha passado um caminhão paraguaio com um cara abanando desesperadamente pra mim (depois no whats confirmei que era o espanhol hahahahaha, eles ficaram esperando na terceira parada enquanto nós estávamos na primeira)

Achamos uma acomodação super barata (10 reais a pernoite) com banho frio (estava MUITO frio) e sem wifi, mas com uma cama muito confortável, vale ressaltar que Susques é uma cidade MINÚSCULA e eu tava com muito medo de que não teria nem pousada lá, visto que foi difícil de conseguirmos um lugar pra jantar.

No dia seguinte, fomos cedo para a beira da estrada, e mais uma vez não passava nem uma alma viva, até que um ônibus parou, o motorista queria O MESMO PREÇO QUE PARTINDO DE JUJUY (?!?!), conseguimos negociar mais barato e fomos nele.

Ao chegar na fronteira, no Paso de Jama (um dos controles fronteiriços mais altos do mundo, localizado a 4200 metros acima do nível do mar), estava uma fila ABSURDA, e nela encontro a espanhola, nos abraçamos e eles contaram a história de que quase morreram na noite anterior, pois conseguiram chegar até a última cidade antes da fronteira, com o plano de acampar, só que estava fazendo temperaturas negativas, e eles iam morrer se acampassem ali, resolveram ir pra um posto com acomodações, onde fizeram amizade com um brasileiro que deixou eles dormirem no quarto dele, só que a dona da pousada expulsou eles kkk, sem lugar pra dormir, num frio de lascar, um caminhoneiro brasileiro chamou eles e deixou eles dormirem dentro do caminhão dele, BR sempre gente boa.

Por algum motivo a migração de Argentinos demorava uma eternidade e fui um dos primeiros do ônibus a ser liberado, mas tive que esperar o resto do povo, entramos no ônibus e na metade do caminho um motorista me chama pra cabine.

Ele disse que o colega tinha se enganado e o preço na real era o dobro do que tínhamos combinado, safado... eu disse ok e que íamos pagar na chegada, mas o meu amigo precisava trocar dinheiro porque só tinha dólar

No caminho entramos no site da empresa e verificamos que o preço que ele dizia ser o certo era o muito mais do que a passagem oficial, tavam tentando aplicar golpe em brasileiro... Na chegada mostrei o site e que não íamos pagar um centavo a mais do que o combinado, depois de muito discutir, ele concordou.

Em SPA, reunimos todo mundo para planejar os próximos passos, para aquela noite eu e a malaia conseguimos couchsurfing, os espanhóis um camping, e o honconguês um hostel. Como comentei, tudo em SPA é ridículo de caro, então no dia seguinte o espanhol ia pegar um ônibus para Calama, e lá ia alugar uma camionete, para iniciarmos nossos passeios, o aluguel é chega a ser a metade do preço de que em SPA.

Naquele dia, meu host me convidou para ir num riacho de águas termais com seus amigos, essas águas são as mesmas que alimentam as famosas "termas de puritama", onde é caríssimo pra entrar, daí essa que fomos eles chamam de termas de "puripobre" kkkkk

Nos divertimos bastante, e de noite bebemos pisco com cola, fiquei bem bêbado e meu host tentou me assediar :/, pelo menos foi um assédio respeitoso e quando disse que não queria nada, ele não tentou mais nada.

Na manhã seguinte eu saí bem cedo porque estava com medo kkkk, daí nem acordei meu host e fui para a recepção do hostel que a malaia estava (era um hostel, mas ela conseguiu couchsurfing lá). fiz amizade com a mulher da recepção, que também é brasileira. Enquanto isso, esperávamos o espanhol chegar com a camionete. Perto do meio dia ele aparece.
uma L200 que seria nossa casa nos próximos 2 dias
De lá, iniciamos os passeios, por vários lugares.
Olha essa fucking paisagem
Tiramos várias fotos de blogueiros:
https://preview.redd.it/n2xsn0jkaez41.png?width=864&format=png&auto=webp&s=60733c3792c02a7541c85a18def205263267d8b1
E de noite achamos um lugar pra acampar, que tinha que ser num ponto perto dos geiseres del tatio (plano do próximo dia, se bem que é próxima madrugada, pois íamos ver o nascer do sol lá), mas não tão perto, por causa da temperatura e da altitude. Fomos procurando através do app iOverlander os melhores lugares pra acampar. Achamos um bem bom. A configuração do acampamento ficou a seguinte:
Barraca 1: eu e os suprimentos que ficavam na caçamba, pra niguém aparecer e nos roubar
Barraca 2: os espanhóis
Camionete: Malaia e Honconguês
As fotos desse dia vocês podem conferir no meu instagram (aproveitem e me sigam kk), aqui

Enfim, o resto fica pro próximo post, que prometo que não vai demorar tanto pra eu postar
Até mais!
submitted by flagr97 to brasil [link] [comments]


2020.05.07 20:09 algumnomeemingles De aluno do ciência sem fronteiras à balconista de supermercado,um desabafo de como deixei a ansiedade,falta de interesse e depressão acabarem com minha vida

Difícil achar onde tudo começou e esse meu desabafo provavelmente vai ter muito bias, tenho tentado ver qual a melhor forma de escrever ele por semanas, mas aquele desespero em imaginar as respostas me fizeram esperar um pouco, mas hoje vai.
Sou uma pessoa bastante tímida, não curto sair de casa e meu lazer é passar o dia na internet fazendo qualquer coisa. Quando entrei em uma faculdade particular pensei que essa "timidez" iria embora por conta própria, mas não... Tive poucas amizades na faculdade e hoje já não mantenho mais contato com ninguém de lá. Sou formado em ciência da computação (2018.1) por uma dessas faculdades do grupo kroton e posso te dizer que a experiência em geral foi uma merda, 50% do curso foi EAD e matérias vitais foram passadas de forma branda visando a aprovação do aluno (exemplo: em um livro de banco de dados com 20 capítulos o professor se restringiu à explorar os 4 primeiros durante um semestre inteiro). Não tive contato com nenhuma ferramenta/software fora o eclispe e dev c++ (pra quem não é da área são programas para desenvolvimento de programas) e é isso.
No meio da faculdade comecei a sentir aquela pressão interna pra mudar de vida, queria fazer algo diferente, algo que talvez pudesse me garantir um futuro melhor (minha família é de baixa renda) e também que pudesse me tornar uma pessoa mais sociável. Para minha surpresa minha faculdade estava associada ao ciência sem fronteiras (era um programa do governo federal que enviava alunos para estudar no exterior por 12 a 18 meses incluindo oportunidade de trabalho), sempre fui bom com inglês e decidi me inscrever no programa. Depois de toda a burocracia acabei sendo aceito por uma universidade no Reino Unido.
Não quero prolongar muito minha experiência de viver no exterior mas te digo que a história que "as coisas funcionam lá fora" é verdade. Fiz amizades ( 99% com "gringo") e apesar de hoje não nos falarmos mais ainda guardo lembranças dos bons momentos que tive lá. No estágio acabei ficando bem atrás dos outros e pensando bem hoje vejo que a empresa preferiu me deixar lá apenas pra cumprir a demanda do programa, porém no último dia de estágio meu chefe perguntou se eu tinha interesse em continuar trabalhando e eu falei que sim, que entraria em contato com ele (durante o restante do ano lá não entrei em contato e nem ele entrou em contato comigo). Os últimos meses do programa se aproximavam e a depressão me acertou em cheio, eu não queria voltar pro Brasil, comecei a ficar o dia todo em casa e só saia pra universidade e supermercado, não falava com meus amigos e minhas notas caíram. Encerrado o meu período volto pro Brasil.
Na faculdade eu era o "aluno estrela" todos queriam saber como é morar fora, se eu assisti líderes de torcida se eu tinha pego muitas gringas (mal sabiam que sou gay, e não peguei ninguém). Por dentro a ansiedade e depressão me consumiam, virava madrugadas chorando no meu quarto, sem ânimo pra estudar ou fazer alguma coisa. Meu pai ficou desempregado enquanto eu estava no exterior e caiu em uma maré de alcoolismo (hoje já controlada) e minha mãe e minha irmã pagavam meu vale transporte pra faculdade. Consegui um emprego em uma rede de supermercado, como eu estudava pela manhã acabei trabalhando de noite. Procurava oportunidade de estágios em sites, mas eram escassos e quando havia algum, era seguido de uma lista de conhecimentos de aplicações ou linguagens que até hoje não sei o que são.
O tempo foi passando, me formei com um TCC de cunho totalmente teórico, afinal, minhas habilidades com programação são bem escassas e percebi que não sei de nada da minha área. Todo meu (pouco) esforço na faculdade e no exterior para melhorar desceram pelo ralo Este ano fui descobrir por meio de um psiquiatra que tenho transtorno de personalidade esquizoide( caracterizado por falta de interesse em relações sociais, tendência a um estilo de vida solitário, frieza emocional e apatia ) além das consequências como ansiedade e uma leve depressão. Continuo trabalhando no supermercado, nas últimas semanas tive as primeiras crises físicas de ansiedade (falta de ar, tremedeira). Falar sobre minha experiência no exterior é motivo de vergonha pra mim, não tenho redes sociais, não tenho contato com ninguém da faculdade nunca fui nem pegar meu diploma. Nunca pensei em suicídio e meu maior inimigo é minha idade, tenho 26 anos e acho que estou ficando velho pra começar algum projeto de vida. É isso galera, se o texto ficou confuso peço perdão, minhas habilidades cognitivas não são tão boas e me perco facilmente em narrativas longas como esta. Obrigado a todos pela atenção!
submitted by algumnomeemingles to desabafos [link] [comments]


2020.04.26 18:30 LeiteEmPoh Um desabafo gamer

a um tempo atrás eu comecei a jogar Fortnite porque quase todo mundo estava jogando então eu acabei decidindo entrar nessa onda
depois de um tempo eu ja estava cansado de todo dia olhar pra mesma skin de iniciante enquanto os outros 50 jogadores tinham skins maravilhosas e bonitas então eu peguei um dinheiro que eu estava juntando faz tempo para comprar o passe de batalha e fui comprar o passe de batalha
mais como nem tudo na vida são flores fui roubado e perdi todo o dinheiro que demorou MESSES pra eu conseguir por motivos bem simples:
1- jogo escondido dos meus pais então eles não podem nem sonhar que eu vendi algumas coisas minhas pra conseguir dinheiro para gastar em jogos online
2-não trabalho e nao vou conseguir meu trabalho tão cedo graças a quarentena e a falta de oportunidade por causa da minha pequena cidade
já faz 1 dia e meio que não durmo pois só de pensar nisso perco todo o meu sono
já desabafei em quase 15 sites diferentes para tentar me sentir melhor porém até agora ainda estou com esse peso nas costas só de pensar que perdi tudo por um descuido meu e que eu concerteza vou perder o passe de mês e que nunca mais vou poder ter a oportunidade de comprar me deixa muito abalado e triste
até agora as pessoas só zombaram da minha cara e zoaram comigo dizendo que eu estou mendingando passe de batalha e que eu pareço um retardado falando isso o que me deixa mais triste
mais eu sou obrigado a dizer que talvez isso seja uma verdade não aguento mais o fato de não ter nenhuma skin nesse jogo e eu queria MUITO tipo MUITO o passe de batalha porém até agora a unica coisa que ganhei foi ofensas mesmo
sei que isso pode ser chato e irritante mais se alguém que joga e quiser me dar o passe de batalha de presente eu agradeceria bastante
se alguem quiser conversar comigo também e me dar um apoio moral ou só fazer amizade eu ficaria feliz
Meu discord: Geisha#3125
Meu nick no Fortnite: BIGOLITOSS
meu Facebook: Kaua Moraes Moraes
se quiserem alguma outra coisa pra contato é só pedir
eu só queria a skin da skye nessa temporada...
submitted by LeiteEmPoh to FortniteBrasil [link] [comments]


2020.04.26 17:54 LeiteEmPoh Desabafo do Fortnite

a um tempo atrás eu comecei a jogar Fortnite porque quase todo mundo estava jogando então eu acabei decidindo entrar nessa onda
depois de um tempo eu ja estava cansado de todo dia olhar pra mesma skin de iniciante enquanto os outros 50 jogadores tinham skins maravilhosas e bonitas então eu peguei um dinheiro que eu estava juntando faz tempo para comprar o passe de batalha e fui comprar o passe de batalha
mais como nem tudo na vida são flores fui roubado e perdi todo o dinheiro que demorou MESSES pra eu conseguir por motivos bem simples:
1- jogo escondido dos meus pais então eles não podem nem sonhar que eu vendi algumas coisas minhas pra conseguir dinheiro para gastar em jogos online
2-não trabalho e nao vou conseguir meu trabalho tão cedo graças a quarentena e a falta de oportunidade por causa da minha pequena cidade
já faz 1 dia e meio que não durmo pois só de pensar nisso perco todo o meu sono
já desabafei em quase 15 sites diferentes para tentar me sentir melhor porém até agora ainda estou com esse peso nas costas só de pensar que perdi tudo por um descuido meu e que eu concerteza vou perder o passe de mês e que nunca mais vou poder ter a oportunidade de comprar me deixa muito abalado e triste
até agora as pessoas só zombaram da minha cara e zoaram comigo dizendo que eu estou mendingando passe de batalha e que eu pareço um retardado falando isso o que me deixa mais triste
mais eu sou obrigado a dizer que talvez isso seja uma verdade não aguento mais o fato de não ter nenhuma skin nesse jogo e eu queria MUITO tipo MUITO o passe de batalha porém até agora a unica coisa que ganhei foi ofensas mesmo
sei que isso pode ser chato e irritante mais se alguém que joga e quiser me dar o passe de batalha de presente eu agradeceria bastante
se alguem quiser conversar comigo também e me dar um apoio moral ou só fazer amizade eu ficaria feliz
Meu discord: Geisha#3125
Meu nick no Fortnite: BIGOLITOSS
se quiserem alguma outra coisa pra contato é só pedir
eu só queria a skin da skye nessa temporada...
submitted by LeiteEmPoh to desabafos [link] [comments]


2020.04.26 16:38 LeiteEmPoh Um Desabafo GAMER

a um tempo atrás eu comecei a jogar Fortnite pra tentar preencher um buraco em minha vida chamado depressão mesmo não tendo amigo nenhum pra jogar foi divertido no começo
depois de um tempo eu ja estava cansado de todo dia olhar pra mesma skin de iniciante enquanto os outros 50 jogadores tinham skins maravilhosas e bonitas então eu peguei um dinheiro que eu estava juntando faz tempo para comprar o passe de batalha e fui comprar o passe de batalha
mais como nem tudo na vida são flores fui roubado e perdi todo o dinheiro que demorou MESSES pra eu conseguir por motivos bem simples:
1- jogo escondido dos meus pais então eles não podem nem sonhar que eu vendi algumas coisas minhas pra conseguir dinheiro para gastar em jogos online
2-não trabalho e nao vou conseguir meu trabalho tão cedo graças a quarentena e a falta de oportunidade por causa da minha pequena cidade
já faz 1 dia e meio que não durmo pois só de pensar nisso perco todo o meu sono
já desabafei em quase 15 sites diferentes para tentar me sentir melhor porém até agora ainda estou com esse peso nas costas só de pensar que perdi tudo por um descuido meu e que eu concerteza vou perder o passe de mês e que nunca mais vou poder ter a oportunidade de comprar me deixa muito abalado e triste
até agora as pessoas só zombaram da minha cara e zoaram comigo dizendo que eu estou mendingando passe de batalha e que eu pareço um retardado falando isso o que me deixa mais triste ainda então por favor se você for comentar alguma coisa desse tipo POR favor não comente
se alguem quiser me adicionar em alguma rede social ou aplicativo pra jogar comigo é só me pedir que eu passo não me importo de jogar com a mesma skin de inciante
se alguem quiser conversar comigo para me dar um apoio moral ou só fazer amizade eu ficaria feliz
Meu discord: Geisha#3125
Meu nick no Fortnite: BIGOLITOSS
se quiserem alguma outra coisa pra contato é só pedir
submitted by LeiteEmPoh to desabafos [link] [comments]


2020.04.18 16:01 Franciane32 Prepare-se para a video entrevista com estas 8 dicas.

Por causa da quarentena, muitas empresas estão realizando video entrevistas. Prepare-se com estas 8 dicas e boa entrevista!!
submitted by Franciane32 to brasilivre [link] [comments]


2020.04.16 17:33 Franciane32 Prepare-se para as entrevistas de emprego tendo essas 3 atitudes em casa durante a quarentena.

Para quem está desempregado, o período da quarentena tem sido um período de maior angustia por não saber quando as empresas voltarão a fazer as entrevistas de emprego. Mas você pode em casa se preparar para elas com estas 3 atitudes. PS. Há empresas realizando entrevistas Online, dedique-se a chamar a atenção do recrutador.
submitted by Franciane32 to Vagas [link] [comments]


2020.03.30 15:37 SamuraiBrz COVID-19: stress, ansiedade e incertezas

Meu post não é um desabafo, mas uma tentativa de dar uma resposta mais organizada e completa em relação a dicas que eu tenho passado aqui para várias pessoas. Espero que não tenha problema.
TLDR: Dicas baseadas na minha experiência sobre como lidar com o lado psicológico dessa crise, incluindo coisas como meditação que eu sempre recomendo aqui.
Link pra quem quiser acessar no site (acabei de criar pra facilitar o uso futuro do texto, espero que esteja funcionando): https://sites.google.com/fco.net.barquivo-de-pensamentos/in%C3%ADcio
____________________
Minhas dicas de como lidar com stress e ansiedade
A crise atual do coronavírus (COVID-19) já está afetando o estado emocional e mental de muita gente, e a situação deve ainda permanecer preocupante por um tempo.

Por conta disso, resolvi compartilhar um pouco da minha experiência em relação ao combate a stress e ansiedade, na esperança de que minha experiência possa ajudar outras pessoas. Minha vida foi marcada por vários momentos estressantes, incluindo uma longa carreira em finanças, um período de crise pessoal em que realmente quase morri, e atualmente fazendo o doutorado nos EUA (que recentemente se tornou o país com maior número de casos da doença). Isso fez que que ao longo da minha vida, eu desenvolvesse maneiras de lidar com stress, ansiedade, entre outras coisas.

Meu foco vai ser em versões mais simples e básicas daquilo que eu faço. Todos esses itens podem ser ampliados e melhorados ao longo do tempo, mas o objetivo maior é ajudar quem está começando.

1 - Meditação.

Meu caminho para a meditação não foi muito tradicional, então minhas dicas podem ser um pouco diferentes. Na época que eu comecei, a internet ainda estava começando, não existia muita informação facilmente disponível ou aplicativos pra isso.

1.a) Comece pela respiração.

Em uma posição qualquer que considere confortável, respire fundo. Procure respirar lentamente, absorvendo o máximo de ar que conseguir, e depois soltando o máximo de ar que puder.

Apesar de respirarmos o tempo inteiro, o estilo de vida moderno faz com que na maior parte do tempo a gente respire de maneira muito superficial. A gente não está acostumado a realmente respirar de maneira a dar mais oxigênio para o corpo. A exceção é quando fazemos exercício, mas aí respiramos mais forte porque o corpo está pedindo muito mais ar mesmo.

Respirar profundamente ajuda a dar mais condições para a mente e o corpo fazerem seu trabalho direito.

Respirar é fácil, todo mundo faz, então é um jeito bom de iniciar. Eu vejo muita gente preocupada sobre como começar a meditar, qual seria o jeito certo, e isso acaba aumentando o stress ao invés de ajudar. Mas respirar fundo não tem muito o que errar.

1.b) Encontre um ponto de foco.

Meditação está relacionada a desenvolver foco e concentração. Isso pode levar um tempo, até porque não estamos mais acostumados a parar pra prestar atenção em algo. Tudo bem se não conseguir. Perder o foco e tentar recuperar o foco é parte natural do processo.

Para ajudar no foco, as pessoas podem encontrar algo para se concentrarem durante a meditação. Isso varia muito de cada pessoa, então às vezes tem que tentar algumas coisas diferentes pra ver o que funciona pra você.

Algumas possibilidades:

Foco no movimento. Apesar da imagem da meditação ser algo feito com a pessoa sentada e parada, isso não precisa ser assim. Para algumas pessoas, o movimento ajuda na concentração. O pessoal que faz yoga e tai-chi, por exemplo, usa muito isso. Mas os movimentos malucos de yoga assustam quem está começando, e não precisa ser assim. Você pode usar movimentos simples. Alguns exemplos são o movimento de abrir e fechar a mão, o movimento de girar o pescoço, o movimento de contar com os dedos, entre outros. Escolha um movimento ou uma combinação de movimentos, e preste atenção em como o corpo reage e realiza os movimentos. Fechar os olhos costuma ajudar nesse processo.

Foco na fala. Outra prática comum é falar durante a meditação. Não precisa ser necessariamente falar, pode ser apenas fazer o som de "hhhmmmmmm". Outras possibilidades são mantras e orações. O que importa é que seja algo que facilite sua concentração.

Foco na escuta. Muita gente usa sons para meditar. Isso pode incluir sons suaves (ASMR se tornou uma tendência), sons naturais do ambiente em que você está, ou música. De novo, o importante é ver o que facilita a concentração. Tem gente que se dá muito bem com músicas calmas, e tem gente que odeia, por exemplo, e medita até melhor com um heavy metal.

Foco visual. Já outras pessoas conseguem se focar melhor quando elas olham para alguma coisa. Isso é muito usado na hipnose, por exemplo, quando se pede pra pessoa se concentrar em um relógio, em um pêndulo, ou um disco hipnótico. Fotos também funcionam bem, especialmente fotos que passam uma sensação que lhe agrada.

1.c) Indo além.

O que eu escrevi nos itens (a) e (b) devem ser o suficiente pra quem está começando melhorar bastante o estado mental. Eu não quero ir muito longe aqui, mas também acho bom deixar um espaço pra se pensar, caso a pessoa decida levar a prática para a vida toda (o que eu recomendo, me ajudou demais ao longo da minha vida).

O que eu passei até agora seria basicamente oxigenar o cérebro e o corpo, e se focar em algo. Isso tem como consequência principal limpar a mente, e deixar ela em um estado mais calmo. Muita gente costuma dizer que seria "esvaziar a mente", mas isso seria algo meio enganoso porque não é realmente deixar a mente vazia, é deixar ela mais limpa.

É como se a mente fosse um computador ou um smartphone, que com o tempo fica acumulando muita coisa ruim e inútil, e daí de vez em quando é bom dar uma limpada.

Técnicas mais avançadas podem ir além disso. Ao invés de apenas limpar o computador da mente, podem "atualizar" o sistema operacional, e podem "desinstalar e instalar os programas", mudando a forma da pessoa pensar, agir e perceber o mundo.

Outra coisa é que as dicas que eu dei podem levar um bom tempo. Ficar respirando fundo, se deixar levar por uma música, esse tipo de coisa pode exigir um bom tempo até conseguir manter o foco. Ainda mais se a pessoa não tem experiência e está com muito stress acumulado. Para muitas pessoas, pode ser a primeira vez que elas se sentem calmas em muito, muito tempo, então é natural continuar nesse estado de transe por um tempo.

Técnicas mais avançadas também podem acelerar esse processo. O que pode ser útil naquelas fases da vida em que a gente não tem tempo pra nada.

2 - Arte.

Como diz o velho ditado, quem canta os males espanta.

As artes de maneira geral podem ter uma série de benefícios na saúde mental, como aliviar o stress, melhorar o autoconhecimento, aumentar a capacidade criativa, organizar os pensamentos.

A não ser que a pessoa já seja artista, a maioria das pessoas não está mais acostumada a ativar as partes do cérebro correspondentes a isso. Antigamente, era mais parte da tradição social alguma forma de arte, com pessoas desenhando, cantando, dançando, contando histórias, tirando fotos, etc. Isso se perdeu um pouco, e com isso também se perdeu uma maneira de melhorar a saúde mental.

Um dos maiores obstáculos quando eu recomendo a prática da arte pra alguém é que a pessoa se diz incompetente de mais. Que ela não sabe cantar, que ela desenha muito mal, etc.

Só que lembre-se que o objetivo aqui não é fazer de ninguém um artista profissional. É usar a arte como forma de aliviar o stress e a ansiedade. Não interessa que o desenho seja bom ou ruim. O desenho pode ser péssimo, mas pelo menos pode servir como uma válvula de escape, uma maneira de pessoa organizar e canalizar as suas emoções de maneira mais positiva (ao invés de sair comendo tudo que vê pela frente, ou descontar nos outros).

Além disso, hoje em dia a tecnologia ajuda muito. Com o que existe hoje em dia de programas, aplicativos e equipamentos, dá pra fazer música sem entender muito de música, desenhar sem saber muito de desenho, e por aí vai. Tem até jogo de PS4 pra quem quer criar seu próprio jogo de vídeo-game sem ser profissional (Dreams).

Por exemplo, depois de décadas, eu voltei a escrever histórias em quadrinhos. Eu gosto de escrever, mas não sou bom o suficiente no desenho. Só que agora existem programas que ajudam nisso.

3 - Atividade física.

Como dizem, mente sã em corpo são. É difícil a mente estar bem, sem o corpo estar bem. Uma coisa está ligada à outra.

Eu nunca fui fã de exercícios físicos, academia, esse tipo de coisa. Mas também não precisa ser rato de academia pra atividade física ajudar a lidar com estresse.

Essa é a parte que eu menos posso ajudar, mas está cheio de material na internet, vídeo no YouTube, etc. Até pra quem é preguiçoso, dá pra fazer alguma atividade física até sentado no sofá assistindo Netflix.

4 - Vida social.

Com o pessoal fechado em casa, essa é uma parte que tem pesado muito na saúde mental. Até pra quem está na cadeia, a solitária é uma das punições mais severas, por conta do distanciamento social.

Só que eu acho que tem uma coisa importante a se lembrar. O que está acontecendo agora é principalmente um distanciamento físico. Ou seja, isso não significa que a gente tem que se tornar distante em termos de comunicação, ou em termos emocionais, por exemplo.

Em termos físicos, eu estou milhares de quilômetros distante de quase todo mundo que eu conheço. Isso não significa que eu tenha que perder a conexão com as pessoas. A situação atual tem se revelado até uma forma de aumentar a conexão. Pessoas que estavam mais distantes se aproximaram, conversei com gente que eu não falava fazia anos, e assim por diante.

Muita gente tem afastado outras pessoas nas redes sociais, que se tornaram muito mais um ambiente negativo. Mas isso não precisa ser assim.

Vou aproveitar o exemplo de um amigo meu, que se mudou pro Canadá. Esses dias eu vi ele falando que estava pensando em fazer um jogo de D&D online. Esse tipo de conexão social ainda existe, o tal distanciamento social do coronavírus não impede nada disso.

E, no caso das famílias, que mantém a proximidade física, também dá pra buscar maneiras positivas de lidar com isso. As dicas que eu dei de meditação, arte, e atividades físicas, por exemplo, podem muito bem se tornarem coisas pra família. Antes dessa situação toda acontecer, uma vez eu fiz uma sessão de meditação junto com a minha mãe e minha fílha. Também comprei argila pro pessoal fazer esculturas.

Então, claro que a crise existe, que vários problemas estão acontecendo e vão acontecer. Mas, quanto mais fortes estivermos mentalmente, mais podemos enfrentar e superar. Eu tenho um amigo que é muito diferente de mim, e uma vez a gente estava conversando sobre como a nossa amizade se desenvolveu e ficou tão forte. E a gente falou que parte da razão foi ver que, nos períodos difíceis, a amizade nunca se abalou e saiu até mais forte. Então, eu acho que muitas relações também podem sair fortalecidas, mesmo em uma situação de distanciamento social, se a gente souber lidar com isso.
submitted by SamuraiBrz to desabafos [link] [comments]


2020.03.03 16:49 pmateus70 Partilha de hábitos de leitura

Porque não partilhar também os nossos hábitos de leitura, seja através do que estamos a ler, de uma crítica de um livro que gostámos, de sugestões que achamos dever dar ou através do nosso link/amizade (para quem é user) do site goodreads?
O que acham? Eu tomo a iniciativa e partilho o meu link do goodreads: https://www.goodreads.com/pmateus
Em relação às minhas leituras atuais, estive durante muito tempo sem ler, demasiado diria. Apenas li os 3 volumes do 1Q84 nos últimos tempos, em alguns momentos achei demasiado repetitivo para não dizer chato, mas pelas críticas dos conhecedores da escrita do autor, dizem que é típico dele. No global achei os livros excelentes. Aliás, foi a minha primeira incursão pela literatura nipónica e gostei bastante.
Acabou por ser o mote para voltar a ler em bom ritmo (muito ajudado pela aquisição do Kindle Paperwhite, apesar de já ser possuidor de um Sony PRS-T1) e voltei à minha zona de conforto, que são os thrillers policiais, e quanto mais negros melhor. Neste momento encontro-me a ler Robert Bryndza e este ano já vou em metade do 4ª livro. Significa isto que a este ritmo, ultrapassarei em muito os meus hábitos de leitura dos últimos anos.
submitted by pmateus70 to Biblioteca [link] [comments]


2020.02.10 15:30 KNWRV Escrevi esse conto e gostaria de um feedback

O funeral
Na estante de madeira, uma coleção de livros; uma televisão sobre a bancada, lâmpada fosca de tungstênio, ele se encontrava deitado sobre o teclado do computador, semi-desperto, na tela do computador se lia: “A vida e a morte de zdweddddddd...”. José Augusto era escritor, vivia de pequenos contos, algumas traduções aqui e outras ali. Dava pra pagar o pequeno apartamento em que vivia. Não tinha mais companhia, terminara com a namorada, o cachorro Tufão morreu há um mês. Vivia, ainda que mal vivia.
Prim,Prim...Ah! Acordou de sobressalto, era aquele maldito telefone, pra quê pagava aquela linha? Ninguém mais ligava ali, bom mas alguém ligava... Foi caminhando zonzo, no andar dos bêbados. Alô! É da casaa do senhor José Augustoo? – falava como se puxasse a última vogal de algumas palavras ou era a ligação- É sim. Quem fala? É Helena, mulher do Leonardo. Do Leonardo? Como ele tá? Já faz muito tempo que eu falei com ele! É assim...humf,humf... ele saiu dessa para uma melhor- disse entre choramingos. Meu deus. O funeral vai ser hoje à tarde, uma da tarde, seria bom se você aparecesse no funeral, ele pediu que eu te entregasse algo. Eu vou sim, claro que vou- falava estupefato- Tá certo... Tá certo. Funerária Jerusalém. Tá certo.
Morto, defunto, funeral... hoje? Uma hora? Mas como? Quando? Ele tava doente? Por que ele não falou nada? Faz o quê? Cinco anos? Seis? Sentou-se consternado, novamente, em frente do computador. Eram oito horas e trinta minutos, depois dessa mórbida conversa sentiu seu lábio rachado como as terras áridas do deserto, levantou-se da cadeira, a visão ficou turva e sentiu uma certa vertigem. Escuridão, tudo negro... morte? Morte? Não, ainda não. Andou meio bambo até a cozinha, retirou uma vasilha de água da geladeira. Bebeu direto dela, os copos estavam sujos. Funerária Jerusalém. Eu vou ter que pesquisar onde fica. Voltou ao quarto em duas passadas, sentou todo afobado, abriu o navegador, digitou no site de busca: Funerária Jerusalém. Descobriu que ficava na rua Azul do bairro que vivia, eram três quadras de distância, iria a pé, estava decidido.
Preto, é claro! Tem que ir de preto. Não poderia ir com a regata branca amarelada e esburacada na altura das axilas e nem mesmo o short florido que trajava no momento. Saiu do cômodo e voou pelo quarto para o armário. Cadê? Cadê? Aqui. Tirou uma amassada camisa do armário. Eu passo? É tenho que passar, mas primeiro a calça. Cadê? Cadê? Aqui! Pegou uma calça negra, mas com um buraco na parte esquerda da calça. Tem outra? Não, não tem. Droga! Jogou a calça e a camisa na cama. Meias? Precisa de meias pretas? Melhor né? Cadê? Cadê? Não tem, branco é tranquilo, é só a meia, pegou o único tênis que tinha; claramente preto. O tênis estava deplorável, a camisa amassada e a calça furada, mas era o que ele tinha.
Tem que passar a camisa... passo? Eu passo... não pra quê? Ninguém vai reparar, ninguém sabe que José Augusto é apenas um fracassado de quarenta anos, ninguém sabe, nem saberá. Que horas são? Olhou o relógio, já eram doze horas, mas já? Quanto tempo foi perdido nas roupas? Talvez uma fenda o tempo se abriu e me sugou para dentro e eu não percebi? Talvez o preto fosse uma espécie de cor sagrada em que o contato possibilitava romper as barreiras da realidade, os questionamentos fluíam da cabeça de José Augusto tomando forma na realidade, enfim concluía sempre seus pensamentos com um: “Hmm... devo escrever uma história sobre isso”. Já eram doze horas, isso lhe era inegável, ainda que tentasse justificar com ideias de ficção científica. É realmente não dá para passar. Voltou à cozinha; abriu a geladeira, tinha um pequeno prato com um pedaço de carne, pegou a margarina, caminhou até o fogão, ligou-o, chama alta, derramou quase toda a margarina na frigideira, fritou o bife, o boi morto ardia no metal, chiando, o som agudo causava certa irritação em seus ouvidos, levou o dedo ao ouvido, evitando o som que em poucos segundos cessou. Cortou um pedaço de pão velho perdido pela cozinha em uma cesta perto da geladeira, pôs a carne nele, comeu em duas mordidas. Tomo banho? Cheirou-se, não havia odor algum, não, só troco de roupa. Voltou ao quarto, trocou o folgado short que usava pela camisa amassada e a calça rasgada. Era hora de ir ao funeral.
Saiu do apartamento, trancou a porta, desceu as escadas, abriu o pequeno portão. Começou a andar no quarteirão, o sol estava queimando, os prédios mais distantes apareciam em formas distorcidas em meio ao calor como se fossem visões de uma realidade que nunca existira. Passou o primeiro cruzamento; faltavam três; uma velha corcunda vestida com um vestido florido e com cabelos brancos que pareciam brilhar em meio ao sol esperava no segundo cruzamento, ela quer atravessar? Ajudar uma velha, eu sou o quê, um escoteiro? Isso é tão ridículo. José confrontava a ideia de ajudar uma velha a atravessar a rua e não fazer nada, não importava sua escolha ambas aos seus olhos lhe pareciam ridículas, a primeira era algo quase que irreal, algo como um drama de uma história sem sal, típicas do seu trabalho de escritor menor; a segunda porque em nada mudaria o destino das estrelas no universo, uma pequena ação em uma rua tão pequena, nada poderia mudar o significado do mundo, porém alguma ação de José Augusto já havia mudado o universo? Ele pesava ambas com cuidado, agindo com uma balança perfeitamente regrada, ele sentia o que cada uma poderia causar: no fim concluiu que ajudar ou não ajudar não importava.
Quem sabe a primeira me compre um lugar no céu. Acreditava no céu? Isso não se sabe, nem ele sabia disse ao certo. José ia à igreja algumas vezes, sabia decorado alguns salmos, o pai-nosso, a ave-maria, credo e mais algumas, o tempo que passara na Eucaristia e em sua Crisma, lhe fora cansativo, porém internalizara bem os comandos de Dona Susana, mas não chegou a concluir se tinha uma fé verdadeira ou imposta, a verdade que nem ele sabia no que acreditava: às vezes se baseava puramente na ciência outras vezes falava de coisas imateriais e justificava com destino e outras coisas assim. Era um ser curioso, um escritor sem muito valor, mas bastante curioso.
Com as dúvidas na cabeça e o sol sobre a cabeça, ele se aproximou da velha corcunda. Senhora quer ajuda? Obrigado, meu filho.- disse abrindo um sorriso com os dentes amarelos, demarcados pela falta de alguns, entre os buracos parecia haver um fogo que ardia de dentro de seu ser. Ele a pegou em sua mão, a mão era fria, como se ele sentisse a mão do falecido que veria no funeral. Cuidadosamente, primeiro um pé e depois um outro, cuidado com os carros. Senhora, não precisa se apressar, vamos devagar. Isso, devagar. A velha somente ficava calada, mostrando seu sorriso furado e amarelo. Enfim atravessaram a rua, com certa lentidão típica daqueles que atravessam para o outro lado da rua. Largou a mão fria já na calçada, olhou os olhos da velha que mais pareciam tragar toda a luz e não emitir nenhuma, desafiando os princípios físicos e disse: A senhora tem que tomar cuidad... Tá falando com quem otário?! Disse um garoto com boné para trás que passava pela rua.
José Augusto desviou seu olhar para o jovem que passou e depois retornou para onde deveria estar a velha, mas ela já não estava mais lá. Olhou para os quatros cantos, a velha desaparecera em meio ao sol quente daquela quinta-feira. Como poeira naquele asfalto, a velha sumira diante do mundo, levada pelo vento quente. Como era de tentar justificar tudo José Augusto formava pensamentos desconexos para tentar compreender aquela história: foi o sol, ele pensava, o calor muda a visão e a realidade, apenas pode ser isso, assim como os prédios distorcidos, a velha não passava de uma distorção da realidade, existem algumas teorias físicas que apontam distorções do espaço-tempo, talvez a velha fosse uma extensão dessas distorções, pensava com a cabeça de um físico teórico. Continuou andando pelas cimentadas ruas, o sol queimava, mas ainda andava com passos firmes, formulando outras teorias sobre as distorções do continuum espaço-tempo. Absorto nessas ideias, ele não percebeu que apesar do sol incidir obliquamente sobre seu corpo, ele não tinha sombra, um fato muito mais curioso, haja visto que a velha caminhava logo atrás dele, sem nenhum som, ou seja seu desaparecimento não valia a pena ser investigado porque já reaparecera. Sob o sol forte, ele, enfim, chegou em frente à funerária, uma casa azul, com algumas flores amarelas na entrada e uma árvore murcha. José entrou fazendo o sinal da cruz.
“José”. Helena, há quanto tempo; Helena usava a típica roupa de viúva; negra, usava um véu sobre a cabeça branco que destoava, mas era o mais típica possível. Havia dois vasos com flores vermelhas na sala, no caixão do defunto, mais flores vermelhas e ao redor vários olhos vermelhos e inchados de choro. Perto do caixão estava a mesma velha corcunda do vestido florido, ela abriu o mesmo desdentado sorriso amarelo e José Augusto atônico, desviou o olhar das chamas que ardiam entres os furos de seu sorriso. O que foi José? Parece que viu um fantasma. Não é nada... não é nada, Helena. Ela tinha o nariz e os olhos verdes avermelhados, possivelmente do choro, pensava José. A idade não havia sido severa com Helena, ela ainda continuava bonita quando nos tempos da juventude. Ela um tanto apressada, com medo de não ter outra oportunidade, ela tirou do bolso uma pequena foto e disse: José, o Leonardo pediu para eu te entregar. Ela então entregou a foto amarelada: José e Leonardo jovens, em tempos de faculdade, sentados sobre o capô de um gol branco, José ria e Leonardo sorria olhando para baixo, o sol incidia sobre o vidro e aquele momento ficou capturado como uma alegre lembrança. Bons tempos, do que será que ele morreu? Eu pergunto? É rápido...ele olhou o nariz vermelho e subitamente sua coragem cedera, não, não pergunto, do que adianta saber, em que isso mudaria a situação?
Ele nunca me contou o porquê de vocês terem brigado, disse Helena com um certo tom de inocência na voz revelando seu inerente desejo de saber o porquê de tão bons amigos terem parado de se falar repentinamente, faz tanto tempo- disse lentamente José Augusto- eu nem lembro o motivo... eu devia ter pedido desculpas, ele olhava para os azulejos à portuguesa do chão. Ele também deveria, disse Helena abrindo um sorriso de complacência, sabendo da personalidade cabeça-dura de seu finado marido. Eles se despediram de uma forma silenciosa, Helena foi receber outros que chegavam, José sentou na cadeira de plástico bamba do canto esquerdo, com a foto na mão direita, que manuseava incessantemente entre os dedos, ele olhava fixamente para o caixão, assim como para a velha. Permaneceu sentando no canto por longos trinta minutos, alheio ao mundo; revivendo o garoto solitário que ficou amigo do garoto popular, dos jovens na faculdade, das alegres brincadeiras e queria lembrar o motivo da briga, mas não lembrava, fixava os olhos cansados sobre a foto, esquecera da velha por um momento, tentava lembrar com todas as suas forças o motivo da briga, mas não lembrava. Revisitando suas diáfanas memórias de amizade e juventude, dos namoros e diversões, de seu melhor amigo improvável, fez com que escorresse, por sua face que já enrugava, uma lágrima, somente uma, mas uma escorreu.
Levantou-se, foi-se embora lentamente, sem ninguém perceber, abriu a porta e saiu da funerária, também fazendo o sinal da cruz. A velha do sorriso amarelo o acompanhou; passou pela árvore murcha e as flores da entrada, sob o sol ainda fervente, voltou ao seu apartamento, alheio ao mundo, despercebendo as mudanças que os prédios sofriam, deixando a forma de prismas retos, para uma forma arredondada e curvada. A velha corcunda que o acompanhava, fazia o papel de sua sombra que inexplicavelmente sumira. José Augusto normalmente iria criar teorias científicas, filosóficas ou qualquer outro motivo para aqueles momentos, porém absorvido no passado que revivia em lembranças não pensava nisso, abriu a porta do seu apartamento que rangeu como um último grito de um moribundo, sentia em seu peito uma necessidade de escrever, sem trocar a roupa, comer ou beber água, encaminhou-se ao escritório, colocou a foto em cima da bancada, sentou em frente ao computador, a velha do sorriso amarelo ficara no canto do cômodo observando-o trabalhar, o seu sorriso era cada vez mais macabro, mas o escritor nada notava, apenas digitava, tudo que sentira naquela revisitação de suas memórias. José Augusto escrevera, até o anoitecer e além, o livro de sua vida: “Duas vozes”, a lua já estava alta e as estrelas cantavam, sentiu um grande sono e caiu sobre o teclado dormindo, com um sorriso escancarado, reconhecendo que escrevera uma obra digna de autores como Proust, Machado e Joyce, quem sabe estaria ele ao lado deles, após aquele livro.
A velha aproximou-se, deu-lhe um abraço e trouxe um pequeno cobertor do quarto para José, por uma última vez ela abriu o sorriso amarelo: É uma história bonita. Parabéns, José Augusto. Disse com sua voz fria e profunda que ecoava em uníssono com o silêncio do quarto frio.
“Duas vozes” virou um sucesso, falava-se dela nas ruas, na tevê, ganhara a aclamação de crítica e público, suas passagens eram recitadas por jovens e velhos e até sua abertura, que para os leitores era tão icônica, virou frase de para-choque de caminhão e tatuagens na pele de muitos que nunca viram o rosto de José Augusto, a frase era mais ou menos assim: “Cuide de suas lembranças, elas são o cemitério que você leva na cabeça”.
“Duas vozes” era claramente uma versão poética de sua amizade com Leonardo e todas as aventuras de infância, juventude e maturidade pelas quais passaram. Os críticos que a aclamaram depois, perceberam facilmente essa criação poética das lembranças e suas semelhanças com a realidade. Assim como destacam que foi escrita na quente quinta-feira do funeral de Leonardo e da morte de José Augusto.
submitted by KNWRV to EscritoresBrasil [link] [comments]


2020.01.17 15:03 Cassio_3xceler COMO FUNCIONA A INVESTIGAÇÃO CONJUGAL? Elite Detetives

COMO FUNCIONA A INVESTIGAÇÃO CONJUGAL? Elite Detetives

Investigação Conjugal Elite Detetives
Qualquer tipo de relação pode apresentar problemas, seja amizade, no trabalho e principalmente em um relacionamento amoroso. Quando existem algumas suspeitas de que existe uma traição, o detetive conjugal pode ser acionado e assim iniciar uma investigação conjugal.
O detetive conjugal é um detetive particular especializado em confirmar ou acabar com suspeitas de uma traição.

INVESTIGAÇÃO CONJUGAL É ESSENCIAL PARA TIRAR AS DÚVIDAS

Se a pessoa tem suspeitas de que o seu cônjuge está a traindo, não é recomendado fazer a investigação por si só. Além de não ter experiência em coletar provas, pode ser que ela seja facilmente vista e até mesmo perca a razão ao constatar a traição.
Sendo assim, contratar um detetive particular para fazer a investigação conjugal é o ideal. Isso porque, além de ter várias táticas reconhecidas, esse profissional tem em mãos várias ferramentas de localização e de monitoramento, e age completamente em sigilo.

SINAIS DE QUE É PRECISO FAZER UMA INVESTIGAÇÃO CONJUGAL

Diversos indícios podem revelar uma traição e, muitas vezes, eles são percebidos rapidamente. Confira a seguir alguns comportamentos suspeitos e que precisam ser confirmados por uma investigação conjugal completa:
  • o seu par esconde ou desliga o celular quando está com você;
  • chega mais tarde em casa ou esquece facilmente dos compromissos do casal;
  • alterações anormais de humor;
  • vaidade a mais que o normal;
  • atende o telefone em outro cômodo ou até mesmo sussurra ao atender;
  • mente sobre seu paradeiro;
  • comportamento alterado (aparenta estar desconfortável ou desconfiado);
  • relações sexuais mais raras e com falta de interesse.

COMO PROCEDER?

Se a pessoa está com fortes suspeitas e já decidiu que quer contratar um detetive conjugal para realizar investigação, o ideal nessa primeira fase é escolher o melhor profissional para executar o trabalho. Para isso, ela pode pesquisar, procurar indicações e até mesmo entrar em contato com os próprios detetives.
Após encontrar um detetive particular, a pessoa pode marcar uma consulta, explicar o caso e decidir se aquele profissional pode ajudá-la no que é preciso ser feito.
Se gostar do perfil e experiência do detetive particular, ela irá explicar o serviço que deseja que seja feito e assinar o contrato, assim como irá dar detalhes e contar os indícios da traição e explicar os motivos que a fazem estar desconfiada.
É muito importante que a pessoa siga as orientações do detetive para que não coloque a investigação em cheque.

COMO TRABALHA O DETETIVE CONJUGAL?

Antes de ir para a rua coletar provas, o detetive particular irá mapear os principais locais em que o suspeito frequenta, seja emprego, casa de amigos e locais de lazer. Ele também irá mapear as horas que a pessoa trabalha, onde almoça e que horas chega em casa. O detetive irá seguir, tirar fotos e, se precisar, colocará um monitorador no carro da pessoa, com o intuito de saber 24 h por dia onde a pessoa está indo. Há casos em que é preciso usar o celular espião, podendo ouvir áudios e ligações telefônicas.
O detetive acompanha o suspeito da melhor maneira: pode ser a pé, com carro, moto ou até de longe, dentro de algum estabelecimento. O detetive mantém contato frequente com a contratante, fazendo relatório das pistas.
Geralmente, em poucos dias o investigador conjugal irá chegar na resposta, ou seja, se houve ou não traição. Independente se houve ou não, o detetive irá entregar tudo que conseguiu para a contratante, já que ele realizou uma investigação completa. Se a contratante quiser fazer um flagra, é preciso combinar corretamente com o profissional antes.

O QUE ACONTECE QUANDO EXISTE ADULTÉRIO NO CASAMENTO?

A contrário do que algumas pessoas pensam, a traição em um casamento não é um crime, mas de qualquer forma é uma atitude que pode trazer ônus para o traidor, principalmente se o casal tiver filhos. As provas e relatórios do detetive conjugal possuem um grande peso para provar o adultério judicialmente. Se a pessoa que traiu tiver a guarda dos filhos, perderá o direito à pensão alimentícia.
Em alguns casos, se foi a mulher que traiu, ela pode perder o direito de usar o sobrenome de casada. Mas a partilha de bens e guarda dos filhos não têm nenhuma alteração, independente do que aconteceu. Existem casos específicos que a pessoa traída pode processar o traidor por danos morais e se ganhar a causa, pode ser indenizada.

QUAIS OS LIMITES LEGAIS?

O detetive particular não é policial e não tem nenhum poder judiciário. Sendo assim, ele é uma pessoa que precisa seguir a lei assim como os outros cidadãos. Ele deve agir como um paparazzo na vida do investigado, de modo eficiente e sigiloso. Mas ele apenas pode utilizar mecanismos que a lei permite. A lei brasileira é bem clara no que se diz a privacidade, sendo assim grampear ligações é ilegal, por exemplo. De maneira lícita o detetive consegue suas provas sem problemas, e a investigação pode correr normalmente.
O detetive, por lei, precisa manter a identidade da contratante em sigilo, assim como está proibido de divulgar publicamente toda e qualquer prova coletada. Essa regra só muda quando se trata de um processo jurídico onde essas provas irão ser usadas para confirmar o adultério.

CONTE COM OS SERVIÇOS DE DETETIVES PARTICULARES DE QUALIDADE

A Elite Detetives está no mercado há 18 anos atendendo e solucionando casos de muita relevância, tendo assim uma sólida experiência em investigação particular. Conte conosco para investigar por você.
Nossa equipe de detetives particulares irá resolver seu caso, trabalhamos com investigação conjugal, empresarial, familiar, entre outros. Portanto, entre em contato e faça já seu orçamento.
Site: https://www.elitedetetives.com.bblog/investigacao-conjugal/como-funciona-investigacao-conjugal
submitted by Cassio_3xceler to u/Cassio_3xceler [link] [comments]


2020.01.16 01:33 KNWRV O Funeral

Na estante de madeira, uma coleção de livros; uma televisão sobre a bancada, lâmpada fosca de tungstênio, ele se encontrava deitado sobre o teclado do computador, semi-desperto, na tela do computador se lia: “A vida e a morte de zdweddddddd...”. José Augusto era escritor, vivia de pequenos contos, algumas traduções aqui e outras ali. Dava pra pagar o pequeno apartamento em que vivia. Não tinha mais companhia, terminara com a namorada, o cachorro Tufão morreu há um mês. Vivia, ainda que mal vivia.
Prim,Prim...Ah! Acordou de sobressalto, era aquele maldito telefone, pra quê pagava aquela linha? Ninguém mais ligava ali, bom mas alguém ligava... Foi caminhando zonzo, no andar dos bêbados. Alô! É da casaa do senhor José Augustoo? – falava como se puxasse a última vogal de algumas palavras ou era a ligação- É sim. Quem fala? É Helena, mulher do Leonardo. Do Leonardo? Como ele tá? Já faz muito tempo que eu falei com ele! É assim...humf,humf... ele saiu dessa para uma melhor- disse entre choramingos. Meu deus. O funeral vai ser hoje à tarde, uma da tarde, seria bom se você aparecesse no funeral, ele pediu que eu te entregasse algo. Eu vou sim, claro que vou- falava estupefato- Tá certo... Tá certo. Funerária Jerusalém. Tá certo.
Morto, defunto, funeral... hoje? Uma hora? Mas como? Quando? Ele tava doente? Por que ele não falou nada? Faz o quê? Cinco anos? Seis? Sentou-se consternado, novamente, em frente do computador. Eram oito horas e trinta minutos, depois dessa mórbida conversa sentiu seu lábio rachado como as terras áridas do deserto, levantou-se da cadeira, a visão ficou turva e sentiu uma certa vertigem. Escuridão, tudo negro... morte? Morte? Não, ainda não. Andou meio bambo até a cozinha, retirou uma vasilha de água da geladeira. Bebeu direto dela, os copos estavam sujos. Funerária Jerusalém. Eu vou ter que pesquisar onde fica. Voltou ao quarto em duas passadas, sentou todo afobado, abriu o navegador, digitou no site de busca: Funerária Jerusalém. Descobriu que ficava na rua Azul do bairro que vivia, eram três quadras de distância, iria a pé, estava decidido.
Preto, é claro! Tem que ir de preto. Não poderia ir com a regata branca amarelada e esburacada na altura das axilas e nem mesmo o short florido que trajava no momento. Saiu do cômodo e voou pelo quarto para o armário. Cadê? Cadê? Aqui. Tirou uma amassada camisa do armário. Eu passo? É tenho que passar, mas primeiro a calça. Cadê? Cadê? Aqui! Pegou uma calça negra, mas com um buraco na parte esquerda da calça. Tem outra? Não, não tem. Droga! Jogou a calça e a camisa na cama. Meias? Precisa de meias pretas? Melhor né? Cadê? Cadê? Não tem, branco é tranquilo, é só a meia, pegou o único tênis que tinha; claramente preto. O tênis estava deplorável, a camisa amassada e a calça furada, mas era o que ele tinha.
Tem que passar a camisa... passo? Eu passo... não pra quê? Ninguém vai reparar, ninguém sabe que José Augusto é apenas um fracassado de quarenta anos, ninguém sabe, nem saberá. Que horas são? Olhou o relógio, já eram doze horas, mas já? Quanto tempo foi perdido nas roupas? Talvez uma fenda o tempo se abriu e me sugou para dentro e eu não percebi? Talvez o preto fosse uma espécie de cor sagrada em que o contato possibilitava romper as barreiras da realidade, os questionamentos fluíam da cabeça de José Augusto tomando forma na realidade, enfim concluía sempre seus pensamentos com um: “Hmm... devo escrever uma história sobre isso”. Já eram doze horas, isso lhe era inegável, ainda que tentasse justificar com ideias de ficção científica. É realmente não dá para passar. Voltou à cozinha; abriu a geladeira, tinha um pequeno prato com um pedaço de carne, pegou a margarina, caminhou até o fogão, ligou-o, chama alta, derramou quase toda a margarina na frigideira, fritou o bife, o boi morto ardia no metal, chiando, o som agudo causava certa irritação em seus ouvidos, levou o dedo ao ouvido, evitando o som que em poucos segundos cessou. Cortou um pedaço de pão velho perdido pela cozinha em uma cesta perto da geladeira, pôs a carne nele, comeu em duas mordidas. Tomo banho? Cheirou-se, não havia odor algum, não, só troco de roupa. Voltou ao quarto, trocou o folgado short que usava pela camisa amassada e a calça rasgada. Era hora de ir ao funeral.
Saiu do apartamento, trancou a porta, desceu as escadas, abriu o pequeno portão. Começou a andar no quarteirão, o sol estava queimando, os prédios mais distantes apareciam em formas distorcidas em meio ao calor como se fossem visões de uma realidade que nunca existira. Passou o primeiro cruzamento; faltavam três; uma velha corcunda vestida com um vestido florido e com cabelos brancos que pareciam brilhar em meio ao sol esperava no segundo cruzamento, ela quer atravessar? Ajudar uma velha, eu sou o quê, um escoteiro? Isso é tão ridículo. José confrontava a ideia de ajudar uma velha a atravessar a rua e não fazer nada, não importava sua escolha ambas aos seus olhos lhe pareciam ridículas, a primeira era algo quase que irreal, algo como um drama de uma história sem sal, típicas do seu trabalho de escritor menor; a segunda porque em nada mudaria o destino das estrelas no universo, uma pequena ação em uma rua tão pequena, nada poderia mudar o significado do mundo, porém alguma ação de José Augusto já havia mudado o universo? Ele pesava ambas com cuidado, agindo com uma balança perfeitamente regrada, ele sentia o que cada uma poderia causar: no fim concluiu que ajudar ou não ajudar não importava.
Quem sabe a primeira me compre um lugar no céu. Acreditava no céu? Isso não se sabe, nem ele sabia disse ao certo. José ia à igreja algumas vezes, sabia decorado alguns salmos, o pai-nosso, a ave-maria, credo e mais algumas, o tempo que passara na Eucaristia e em sua Crisma, lhe fora cansativo, porém internalizara bem os comandos de Dona Susana, mas não chegou a concluir se tinha uma fé verdadeira ou imposta, a verdade que nem ele sabia no que acreditava: às vezes se baseava puramente na ciência outras vezes falava de coisas imateriais e justificava com destino e outras coisas assim. Era um ser curioso, um escritor sem muito valor, mas bastante curioso.
Com as dúvidas na cabeça e o sol sobre a cabeça, ele se aproximou da velha corcunda. Senhora quer ajuda? Obrigado, meu filho.- disse abrindo um sorriso com os dentes amarelos, demarcados pela falta de alguns, entre os buracos parecia haver um fogo que ardia de dentro de seu ser. Ele a pegou em sua mão, a mão era fria, como se ele sentisse a mão do falecido que veria no funeral. Cuidadosamente, primeiro um pé e depois um outro, cuidado com os carros. Senhora, não precisa se apressar, vamos devagar. Isso, devagar. A velha somente ficava calada, mostrando seu sorriso furado e amarelo. Enfim atravessaram a rua, com certa lentidão típica daqueles que atravessam para o outro lado da rua. Largou a mão fria já na calçada, olhou os olhos da velha que mais pareciam tragar toda a luz e não emitir nenhuma, desafiando os princípios físicos e disse: A senhora tem que tomar cuidad... Tá falando com quem otário?! Disse um garoto com boné para trás que passava pela rua.
José Augusto desviou seu olhar para o jovem que passou e depois retornou para onde deveria estar a velha, mas ela já não estava mais lá. Olhou para os quatros cantos, a velha desaparecera em meio ao sol quente daquela quinta-feira. Como poeira naquele asfalto, a velha sumira diante do mundo, levada pelo vento quente. Como era de tentar justificar tudo José Augusto formava pensamentos desconexos para tentar compreender aquela história: foi o sol, ele pensava, o calor muda a visão e a realidade, apenas pode ser isso, assim como os prédios distorcidos, a velha não passava de uma distorção da realidade, existem algumas teorias físicas que apontam distorções do espaço-tempo, talvez a velha fosse uma extensão dessas distorções, pensava com a cabeça de um físico teórico. Continuou andando pelas cimentadas ruas, o sol queimava, mas ainda andava com passos firmes, formulando outras teorias sobre as distorções do continuum espaço-tempo. Absorto nessas ideias, ele não percebeu que apesar do sol incidir obliquamente sobre seu corpo, ele não tinha sombra, um fato muito mais curioso, haja visto que a velha caminhava logo atrás dele, sem nenhum som, ou seja seu desaparecimento não valia a pena ser investigado porque já reaparecera. Sob o sol forte, ele, enfim, chegou em frente à funerária, uma casa azul, com algumas flores amarelas na entrada e uma árvore murcha. José entrou fazendo o sinal da cruz.
“José”. Helena, há quanto tempo; Helena usava a típica roupa de viúva; negra, usava um véu sobre a cabeça branco que destoava, mas era o mais típica possível. Havia dois vasos com flores vermelhas na sala, no caixão do defunto, mais flores vermelhas e ao redor vários olhos vermelhos e inchados de choro. Perto do caixão estava a mesma velha corcunda do vestido florido, ela abriu o mesmo desdentado sorriso amarelo e José Augusto atônico, desviou o olhar das chamas que ardiam entres os furos de seu sorriso. O que foi José? Parece que viu um fantasma. Não é nada... não é nada, Helena. Ela tinha o nariz e os olhos verdes avermelhados, possivelmente do choro, pensava José. A idade não havia sido severa com Helena, ela ainda continuava bonita quando nos tempos da juventude. Ela um tanto apressada, com medo de não ter outra oportunidade, ela tirou do bolso uma pequena foto e disse: José, o Leonardo pediu para eu te entregar. Ela então entregou a foto amarelada: José e Leonardo jovens, em tempos de faculdade, sentados sobre o capô de um gol branco, José ria e Leonardo sorria olhando para baixo, o sol incidia sobre o vidro e aquele momento ficou capturado como uma alegre lembrança. Bons tempos, do que será que ele morreu? Eu pergunto? É rápido...ele olhou o nariz vermelho e subitamente sua coragem cedera, não, não pergunto, do que adianta saber, em que isso mudaria a situação?
Ele nunca me contou o porquê de vocês terem brigado, disse Helena com um certo tom de inocência na voz revelando seu inerente desejo de saber o porquê de tão bons amigos terem parado de se falar repentinamente, faz tanto tempo- disse lentamente José Augusto- eu nem lembro o motivo... eu devia ter pedido desculpas, ele olhava para os azulejos à portuguesa do chão. Ele também deveria, disse Helena abrindo um sorriso de complacência, sabendo da personalidade cabeça-dura de seu finado marido. Eles se despediram de uma forma silenciosa, Helena foi receber outros que chegavam, José sentou na cadeira de plástico bamba do canto esquerdo, com a foto na mão direita, que manuseava incessantemente entre os dedos, ele olhava fixamente para o caixão, assim como para a velha. Permaneceu sentando no canto por longos trinta minutos, alheio ao mundo; revivendo o garoto solitário que ficou amigo do garoto popular, dos jovens na faculdade, das alegres brincadeiras e queria lembrar o motivo da briga, mas não lembrava, fixava os olhos cansados sobre a foto, esquecera da velha por um momento, tentava lembrar com todas as suas forças o motivo da briga, mas não lembrava. Revisitando suas diáfanas memórias de amizade e juventude, dos namoros e diversões, de seu melhor amigo improvável, fez com que escorresse, por sua face que já enrugava, uma lágrima, somente uma, mas uma escorreu.
Levantou-se, foi-se embora lentamente, sem ninguém perceber, abriu a porta e saiu da funerária, também fazendo o sinal da cruz. A velha do sorriso amarelo o acompanhou; passou pela árvore murcha e as flores da entrada, sob o sol ainda fervente, voltou ao seu apartamento, alheio ao mundo, despercebendo as mudanças que os prédios sofriam, deixando a forma de prismas retos, para uma forma arredondada e curvada. A velha corcunda que o acompanhava, fazia o papel de sua sombra que inexplicavelmente sumira. José Augusto normalmente iria criar teorias científicas, filosóficas ou qualquer outro motivo para aqueles momentos, porém absorvido no passado que revivia em lembranças não pensava nisso, abriu a porta do seu apartamento que rangeu como um último grito de um moribundo, sentia em seu peito uma necessidade de escrever, sem trocar a roupa, comer ou beber água, encaminhou-se ao escritório, colocou a foto em cima da bancada, sentou em frente ao computador, a velha do sorriso amarelo ficara no canto do cômodo observando-o trabalhar, o seu sorriso era cada vez mais macabro, mas o escritor nada notava, apenas digitava, tudo que sentira naquela revisitação de suas memórias. José Augusto escrevera, até o anoitecer e além, o livro de sua vida: “Duas vozes”, a lua já estava alta e as estrelas cantavam, sentiu um grande sono e caiu sobre o teclado dormindo, com um sorriso escancarado, reconhecendo que escrevera uma obra digna de autores como Proust, Machado e Joyce, quem sabe estaria ele ao lado deles, após aquele livro.
A velha aproximou-se, deu-lhe um abraço e trouxe um pequeno cobertor do quarto para José, por uma última vez ela abriu o sorriso amarelo: É uma história bonita. Parabéns, José Augusto. Disse com sua voz fria e profunda que ecoava em uníssono com o silêncio do quarto frio.
“Duas vozes” virou um sucesso, falava-se dela nas ruas, na tevê, ganhara a aclamação de crítica e público, suas passagens eram recitadas por jovens e velhos e até sua abertura, que para os leitores era tão icônica, virou frase de para-choque de caminhão e tatuagens na pele de muitos que nunca viram o rosto de José Augusto, a frase era mais ou menos assim: “Cuide de suas lembranças, elas são o cemitério que você leva na cabeça”.
“Duas vozes” era claramente uma versão poética de sua amizade com Leonardo e todas as aventuras de infância, juventude e maturidade pelas quais passaram. Os críticos que a aclamaram depois, perceberam facilmente essa criação poética das lembranças e suas semelhanças com a realidade. Assim como destacam que foi escrita na quente quinta-feira do funeral de Leonardo e da morte de José Augusto.
submitted by KNWRV to escrita [link] [comments]


MELHORES SITES PARA ASSISTIR ANIMES ONLINE 2020! - YouTube OS MELHORES SITES PARA LER MANGÁS 2020! - YouTube AMIZADE VIRTUAL EXISTE SIM  OOVOO EU TE VENERO!!!! Melhores sites de ISOs e ROMs para Emuladores - YouTube 5 MELHORES APLICATIVOS DE BATE-PAPO DISPONÍVEIS NA ... Status para whatsapp amizade . Melhores amigos - YouTube OS MELHORES SITES PARA ASSISTIR ANIMES 2020! - YouTube VEJA O MELHOR SITE PARA VOCÊ ASSISTIR TV ONLINE DIRETO DO ... Site de namoro e amizade Cristão Grátis 7 Aplicativos de Relacionamento (em 2018)

Sites de Encontros – Sites de Encontros, Relacionamentos e ...

  1. MELHORES SITES PARA ASSISTIR ANIMES ONLINE 2020! - YouTube
  2. OS MELHORES SITES PARA LER MANGÁS 2020! - YouTube
  3. AMIZADE VIRTUAL EXISTE SIM OOVOO EU TE VENERO!!!!
  4. Melhores sites de ISOs e ROMs para Emuladores - YouTube
  5. 5 MELHORES APLICATIVOS DE BATE-PAPO DISPONÍVEIS NA ...
  6. Status para whatsapp amizade . Melhores amigos - YouTube
  7. OS MELHORES SITES PARA ASSISTIR ANIMES 2020! - YouTube
  8. VEJA O MELHOR SITE PARA VOCÊ ASSISTIR TV ONLINE DIRETO DO ...
  9. Site de namoro e amizade Cristão Grátis
  10. 7 Aplicativos de Relacionamento (em 2018)

Site de namoro e amizade Cristão Grátis LINK DO SITE: http://www.amorcristaoforever.com. Oi, hoje vou mostrar pra vocês alguns sites top para assistir animes! ~links fixados nos comentários~ #Anime Só queria uma amizade assim Casal romântico Casal apaixonado Melhores amigos Tato Tatá Como irmãos Amizade eterna Quero uma amizade assim É pedir muito Download 5 MELHORES APLICATIVOS DE RELACIONAMENTO Por favor, marque a caixa do reCAPTCHA para prosseguir para a página de destino. Depois a gurde 6 segundos ... Para ajudar você a escolher qual é o aplicativo que mais combina com você, eu trouxe aqui uma lista com 10 apps para você escolher. 7 aplicativos de relacionamento mais famosos em 2018 VEJA O MELHOR SITE PARA VOCÊ ASSISTIR TV ONLINE DIRETO DO SEU NAVEGADOR CHROME OU MOZILLA FIREFOX Estou trazendo para vocês mais um site para você está assis... E para começar o ano assistindo seus animes por um site de anime decente, eu resolvi trazer uma lista com os melhores sites de animes de 2020. Site do Chrono... SHAREfactory™ https://store.playstation.com/#!/pt-br/aplicativos/sharefactory/cid=IP9100-CUSA00572_00-SFRELE0000000100 https://romsmania.cc/ https://romhustl... 13 aplicativos e sites para estudar inglês DE ... AMIZADE VIRTUAL ... 3:53. 5 MELHORES APLICATIVOS DE BATE-PAPO DISPONÍVEIS NA PLAYSTORE PARA DOWNLOAD - Duration: 10:43. CASSIANO ANDROID ... Se você ta procurando sites para ler mangás mas não encontra nenhum site bom, você está no video certo. Nesse video recomendo melhores sites para ler mangás....